Reportar erro
Por onde andam?

Ex-coleguinhas do Caldeirão do Huck relembram bastidores e contam o que fazem atualmente

Luana Ferreira, Karen Júlia e Joanna Tristão falam sobre relação com Luciano Huck e opinam sobre ida dele para o Domingão

Dany Bananinha, Karen Júlia e Luana Ferreira ao lado de Luciano Huck quando eram coleguinhas do Caldeirão do Huck
Dany Bananinha, Karen Júlia e Luana Ferreira quando eram coleguinhas do Caldeirão do Huck - Arquivo pessoal
Marcela Ribeiro

Publicado em 04/09/2021 às 09:11:00

Luciano Huck estreou o Caldeirão em 2000 na Globo, acompanhando de suas assistentes de palcos, chamadas de Coleguinhas. As meninas, todas jovens, com média de 18 anos de idade, estreavam na TV e passaram um longo período de aprendizado por lá. Luana Ferreira, Karen Júlia e Joanna Tristão conversaram com o NaTelinha sobre a experiência de trabalhar no Caldeirão, opinaram sobre a ida dele para o Domingão e contaram como estão suas vidas atualmente. Das assistentes que começaram com Huck, apenas Dany Bananinha trabalha até hoje com ele e é seu braço direito na Globo.

Luana Ferreira começou no Caldeirão em 2000 e foi descoberta por um olheiro na academia, fez um teste e passou. "O Luciano sempre foi muito profissional conosco. Uma lembrança boa que tenho era dos musicais, pois amo dançar e era uma diversão para mim. Outra curiosidade era que eu organizava a plateia. Sempre fui a mais animada então gostava de ver a plateia sempre em alto astral", recorda ela, que ficou no programa até 2010 e saiu para poder advogar e abrir seu escritório onde trabalhou até 2017.

A ex-coleguinha aposta que Luciano será sucesso no Domingão, já que "tudo o que ele toca, vira ouro". "A carreira dela vai continuar maravilhosa. Se ele tomou essa decisão, com certeza para ele será melhor, jamais tomaria uma que fosse dúvida".

Ex-coleguinhas do Caldeirão do Huck relembram bastidores e contam o que fazem atualmente

Casada com o jogador de polo João Paulo Ganon, Luana tem dois filhos, Gabriel, 2 anos e Maria, 4, e mora hoje com a família em Indaiatuba, interior de São Paulo, tem uma loja de moda tricô no Instagram e é advogada autônoma.

"Nunca me senti vulgarizada ou diminuída"

Ex-coleguinhas do Caldeirão do Huck relembram bastidores e contam o que fazem atualmente

Em entrevista ao Fantástico, Luciano Huck admitiu que algumas personagens de sucesso criadas por ele na TV, como a Tiazinha (Suzana Alves) e Joana Machado (Feiticeira) não caberiam mais nos dias de hoje e foram lançadas num período machista e de imaturidade. Mas será que as coleguinhas achavam que suas funções também eram machistas? Luana diz que não. "Tinha 18 anos quando entrei no Caldeirão, a minha mãe passou um ano indo em todas as gravações comigo. O programa sempre foi familiar, as Coleguinhas nunca foram vulgares, nosso figurinista sempre foi maravilhoso. Quando davam uma roupa para a gente que a gente não se sentia bem, eles trocavam", diz.

"Esse lance que se levanta sobre as personagens, machismo, acho que tudo tem sua época. Na época não era visto dessa maneira, foi um sucesso gigantesco. Ao meu ver, nunca presenciei ou me senti num nível desse de machismo como Coleguinha. A gente sempre teve muito respeito ali dentro, era aberto para os pais que queriam ir. Nunca me senti vulgarizada ou diminuída com relação a roupa".

Luana Ferreira

Karen Júlia virou coleguinha do Caldeirão após concurso de Musa do Carnaval

Karen Júlia foi convidada para virar Coleguinha em 2004, depois de participar do concurso do Caldeirão Musa do Carnaval, representando a escola de samba Caprichosos de Pilares. "Perdi o concurso, fiquei em segundo lugar, mas lá o Luciano me viu e me convidou para ser Coleguinha do Caldeirão. Foi uma delícia porque durante o programa pude fazer a minha faculdade de Artes Cênicas, fiquei sete anos. Foram os anos mais especiais da minha vida, entrei lá com 19 anos e saí com 27, aquele momento jovem maravilhoso. As meninas são minhas amigas até hoje, foram madrinhas do meu casamento. A tia Nilza, nossa camareira, é como se fosse uma segunda mãe, falo com ela até hoje", conta.

Ex-coleguinhas do Caldeirão do Huck relembram bastidores e contam o que fazem atualmente

Karen pediu demissão em 2010 para seguir na carreira de atriz. Logo depois, ela fez seu primeiro teste e fez a série Mais x Favela, do Multishow. Atualmente, ela está no ar na série Arcanjo Renegado, da Globoplay, se prepara para gravar a segunda temporada em outubro e terminou em fevereiro as gravações da novela Gênesis, da Record. "Cheguei a viajar para Marrocos para fazer a novela, mas a gente teve que voltar porque começou a pandemia. Participei da série da Globo Sob Pressão também", diz. A atriz é casada desde 2017 com o ator Rafael Sardão e concluiu no ano passado o curso de bacharel em Artes Cênicas. Além da TV, ela também atua e estuda teatro e planeja ter um filho em breve.

Karen concorda com a escolha da Globo de colocar Huck para substituir Faustão no Domingão. "Ele é um puta comunicador. Depois da informação que o Faustão ia sair, tinha certeza que o Luciano ia entrar no lugar, mesmo antes de sair na mídia. Acho que vai ser um desafio bem legal para ele", opina.

Joanna Tristão diz que Huck sairá da zona de conforto no Domingão

Joanna Tristão entrou no Caldeirão logo na estreia com apenas 16 anos e ficou dois anos no programa. O motivo da saída é que ela resolveu focar na carreira de atriz após ser convidada para a série Presença de Anitta. Participou da série Quinto dos Infernos e após a perda do pai, conheceu seu atual marido e mudou seus planos da vida. "O período do Caldeirão era muito legal. Estava super envolvida, foi uma época muito boa. Aprendi muita coisa relacionada à televisão. O Luciano sempre foi gente boa, sempre deu abertura, tinha uma relação boa com todo mundo", diz ela, que acredita que o ex-patrão fará sucesso no Domingão.

"É uma excelente oportunidade. O horário de domingo é o mais almejado por todos os apresentadores da Globo. O Faustão ocupou esse horário com maestria todos esses anos. É bacana para o Luciano sair da zona de conforto e entrar num lugar tão desejado. Tem tudo para dar certo. A Globo não teria outro apresentador melhor para colocar no lugar do Faustão".

Joana Tristão

Ex-coleguinhas do Caldeirão do Huck relembram bastidores e contam o que fazem atualmente

Joanna mora já 17 anos em Nova Friburgo, Região Serrana do Rio, é casada e mãe de dois filhos: José, 3 anos e Mariah, 8 meses, é psicóloga e empresária. "Eu e meu marido estamos abrindo com um casal de amigos em outubro o restaurante Anexo Scavardar, uma steak house muito legal", conta.

Em despedida de Huck, Caldeirão marca melhor Ibope do ano

O último Caldeirão com Luciano Huck, exibido no sábado passado (28), bateu recorde de audiência no ano. O programa marcou a despedida do apresentador, que migrará a partir para os domingos a fim de substituir Fausto Silva no Domingão. Na estreia de Marcos Mion no Caldeirão, ele receberá Tiago Leifert, Ana Furtado, Larissa Manoela, Juliana Paes e Paulo Vieira. Os convidados participarão dos quadros Tem ou Não Tem e Sobe o Som. A nova fase do programa começa neste sábado (4).



Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do Telegram.

Participe do grupo
Mais Notícias