Reportar erro
Em luto

Walkyria Santos chora na TV após morte do filho: "Coração destroçado"

Cantora gravou um áudio para o Fofocalizando

Chris Flores escutou áudio de Walkyria Santos no Fofocalizando
Walkyria Santos falou com o Fofocalizando - Foto: Reprodução/SBT
Redação NT

Publicado em 04/08/2021 às 16:09:00

A cantora Walkyria Santos gravou um áudio e enviou ao programa Fofocalizando nesta quarta-feira (4) para falar sobre como tem se sentindo após a morte do filho Lucas Santos, de 16 anos. A artista relatou que está muito triste com o episódio e acredita que a história do adolescente servirá de exemplo para outras famílias.

“Vou estar me refugiando com a minha família na fazenda do interior. No momento, não tenho condições de conversar, né? Meu coração tá desolado, destroçado. Mas agradeço toda essa bandeira que vocês estão levantando”, disse a artista chorando. “Que a história do meu anjo Lucas que possa salvar muitas vidas”, acrescentou por mensagem de texto.

Tudo começou depois que Lucas postou um vídeo no TikTok brincando com amigos e passou a ser atacado com comentários maldosos de haters das redes sociais. O garoto chegou a se posicionar sobre o assunto, mas a situação ficou ainda pior e os ataques continuaram.

Na noite de terça (3), o adolescente foi encontrado sem vida em casa, em Natal (RN). A cantora de forró usou seu perfil nas redes sociais para contar tudo o que ocorreu com o menino, recebendo o apoio de diversos artistas, como Wesley Safadão, Carla Perez e Juliette.

Chris Flores deu apoio para Walkyria Santos

Após escutar o breve desabafo de Walkyria Santos ao Fofocalizando, Chris Flores aproveitou para dar apoio para Walkyria. “Seu anjo tá abrindo discussões importantes neste momento, que são várias discussões”, comentou a apresentadora.

“Tem muito adolescente com depressão, gente, principalmente neste momento de Covid. Eles estão trancados em casa, sem poder compartilhar com os amigos, porque agora que eles estão voltando para escola. Tá muito difícil ser adolescente neste período. Junta-se a isso mais com toda essa questão das redes sociais. E tem outra: a homofobia. São várias questões para serem discutidas. Imagina a dor desta mãe?”, lamentou a jornalista.



Mais Notícias