Reportar erro
Histórico

ESPN fará pela primeira vez transmissão da NBA com equipe 100% feminina

Canal quer dar mais espaço as mulheres em jogos de grandes eventos

Natália Lara e Alana Ambrosio
Natália e Alana vão transmitir jogo da NBA - Foto: Divulgação/ESPN
Naian Lucas

Publicado em 23/03/2021 às 20:10:00

A ESPN vai realizar a primeira transmissão da NBA (National Basketball Association) com mulheres narrando e comentando. A exibição com equipe 100% feminina será comandada por Natália Lara e os comentários ficarão nas mãos de Alana Ambrosio. A partida entre Boston Celtics e Milwaukee Bucks acontecerá nesta quarta-feira (24), a partir das 20h.

“Tenho certeza de que vamos começar a escrever um novo capítulo dentro do esporte e da liga. É algo que eu já venho me preparando há muito tempo, e que me senti extremamente honrada e confiante quando recebi o convite. E a minha dupla, Alana Ambrosio, é craque e profunda conhecedora de basquete. Será um prazer enorme dividir os microfones com ela nessa nova história que vamos contar na quarta-feira. Os fãs e as fãs da NBA podem esperar uma transmissão feita com muita dedicação, estudo e principalmente carinho. Seremos pioneiras, e vamos abrir uma nova porta para as mulheres no esporte com muita alegria”, comentou Natália.

Lara foi contratada no começo de mês e já fez narrações de diversos campeonatos, como a Premier League, LaLiga e Copa da França. “Nós, mulheres que trabalhamos com esporte, estamos cada vez mais conquistando e consolidando nosso espaço e nossas vozes. O momento é importantíssimo para fazer essas transformações”, declarou a narradora na época.

Alana, que comenta a NBA na ESPN desde 2017, também ficou muito satisfeita com a oportunidade de dividir a transmissão com outra mulher. “Fico muito feliz! Vai ser um prazer trabalhar com a Natália. É muito legal saber que isso incentiva ainda mais meninas e mulheres a acompanharem as transmissões”, afirmou.

NBA na ESPN

ESPN fará pela primeira vez transmissão da NBA com equipe 100% feminina

A ESPN é detentora dos direitos da NBA há mais de 25 anos no Brasil e tem dividido a modalidade com o Fox Sports, outro canal esportivo do grupo Disney. A intenção da empresa é aumentar a presença de mulheres nas transmissões esportivas, seja narrando ou comentando.

TAGS:
Mais Notícias