Sucesso

ESPN bate recorde de audiência da NBA no Brasil, com crescimento de 41%

Toronto Raptors se sagrou o grande campeão da temporada, em final que rendeu o maior índice da história da liga no Brasil

ESPN bate recorde de audiência da NBA no Brasil, com crescimento de 41%
Clube canadense superou o Golden State Warriors e foi campeão da NBA pela primeira vez

Fabrício Falcheti
i

Fabrício Falcheti

Publicitário e jornalista pós-graduado, Fabrício Falcheti é sócio-fundador e editor-chefe do NaTelinha. MTB: 0061456/SP

Publicado em 19/06/2019 às 10:01:15 Atualizado em 19/06/2019 às 10:15:32

A ESPN está em festa com a audiência conquistada durante toda a temporada da NBA, que terminou no último dia 13 com o título do Toronto Raptors. Segundo dados consolidados da Kantar Ibope confirmados nesta quarta-feira (19), a maior liga de basquete do mundo teve um crescimento de 41% em relação ao campeonato do ano passado também transmitido pela emissora.

Na grande final entre Toronto Raptos e Golden State Warriors, mesmo com a exibição ao vivo também pela Band em sinal aberto, a ESPN registrou a maior audiência de uma partida da liga no Brasil, liderando entre todos os canais da TV por assinatura nos 15 Mercados com homens de 18 a 49 anos - público-alvo dos canais esportivos.

Vice-presidente de jornalismo e produção da ESPN, João Palomino comemora: "Ano após ano, temos visto o crescimento da NBA, fruto dos esforços da nossa equipe em dar a este evento o tamanho que ele sempre mereceu. E só se falou disso. O recorde de audiência apenas ressalta que temos de seguir investindo forte em talentos e na cobertura in loco".

Ao longo da temporada, a audiência feminina nas transmissões da NBA na ESPN também apresentou crescimento. Analisando somente as mulheres que acompanharam a liga na emissora, o aumento foi de 38% considerando toda a temporada 2018/2019, incluindo fase regular, playoffs e finais.

Com equipe in loco para as finais, a ESPN Brasil contou uma inédita cobertura dividida entre dois países, já que pela primeira vez uma equipe canadense chegou às finais da liga. O trabalho de reportagem foi compartilhado por José Renato Ambrosio, Matheus Cobucci e Paulo Antunes e a narração ficou sob a responsabilidade de Rômulo Mendonça (foto/abaixo). Do Brasil, participaram os comentaristas Eduardo Agra, José Roberto Lux (Zé Boquinha), Ricardo Bulgarelli, Guilherme Giovannoni e Alana Ambrosio.

Os narradores Everaldo Marques, Fernando Nardini e Renan do Couto também participaram da cobertura das finais, incluindo a realização de entradas ao vivo da NBA House, evento organizado pela liga em São Paulo.

A nova temporada do campeonato terá início em outubro e contará com mais de 170 partidas transmitidas pela ESPN na TV por assinatura e em sua plataforma de streaming.

Nesta quinta (20), a partir das 20h, a ESPN transmite o Draft 2019, oportunidade em que os jovens talentos universitários serão escolhidos pelas equipes da liga para o próximo ano.


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!