Reportar erro
Recordação

Odiada no BBB, Karol Conká já declarou vontade de viver vilã "pior que a Nazaré"

Em entrevista dada em 2017, cantora manifestou desejo e relembrou sua primeira atuação

Karol Conká
Karol Conká na época da entrevista, em 2017. Foto: Reprodução/Gshow
Redação NT

Publicado em 03/02/2021 às 14:41:51,
atualizado em 03/02/2021 às 15:13:05

Participante mais polêmica da atual edição do Big Brother Brasil, a cantora Karol Conká já fez uma declaração curiosa anos atrás, em maio de 2017, na época da estreia de Malhação - Viva a Diferença. Em entrevista ao Gshow, contou que já havia tido experiência como atriz em um filme, mas tinha “muita vontade de interpretar uma vilã” em cena. “Eu ia ser pior que a Nazaré”, ressaltou, na ocasião.

Convidada a fazer uma visita aos Estúdios Globo, para conhecer a cidade cenográfica e atores da temporada - incluindo Lucas Penteado, um de seus desafetos no BBB -, Karol recordou sua primeira experiência como atriz. Ela participou do filme Jonas (2016), que conta com Jesuíta Barbosa, Chay Suede e Laura Neiva no elenco, além dos rappers Criolo e Rincon Sapiência. “Foi uma experiencia bacana, eu gosto de atuar”, disse.

Mais adiante, Karol manifestou o desejo de dar vida a uma malvada. “Eu tenho muita vontade de interpretar uma vilã. Queria ser uma vilã. Ou fazer uma bruxa, ou algo assim, sabe. Eu ia ser pior que a Nazaré. Ia ser pior que ela. Eu ia botar veneno embaixo das minhas unhas e jogar no café”, comentou, ao site da Globo

A cantora curitibana já era um nome de grande sucesso na cena musical, tendo lançado sucessos como Tô Na Luta, É o Poder, Gandaia e Boa Noite. O mais expressivo de todos, Tombei, foi tema de abertura da segunda temporada da série Chapa Quente, em 2016. Em 2017, foi a voz da abertura da temporada de Malhação, pautada na amizade entre cinco meninas de vidas diferentes, com a canção Bate a Poeira - Parte II.

“Eu fiquei muito feliz quando a minha música entrou para a Malhação, ainda mais para essa nova temporada que está fantástica. Para compor essa letra, eu pensei muito nessa diversidade que somos aqui no Brasil, e também pensei muito na falta de empatia que ronda, né, a galera assim, de não entender o que o próximo quer passar, o que o próximo gosta de sentir”, relatou.

“Então a gente se colocar no lugar de outra pessoa e respeitar elas assim como a gente gosta de ser respeitado é importante. Essa letra fala disso, fala da gente respeitar religiões, crenças e raças”, pontuou.

Odiada no BBB, Karol Conká já declarou vontade de viver vilã \"pior que a Nazaré\"

Karol Conká x Lucas Penteado e Juliette

Karol conquistou a antipatia do público em uma semana de BBB pela forma com que vem tratando os participantes Juliette Freire e Lucas Penteado. A primeira foi alvo de comentários classificados como xenofóbicos por parte da cantora, além de ser sempre achincalhada em conversas com outros participantes.

Com Lucas, pesa acusação de isolamento e tortura psicológica por parte dos internautas que acompanham o programa. Após o ator ter se indisposto com quase todos os participantes do reality show em uma festa, e se envolver em uma polêmica com a sister Kerline Cardoso, Karol passou a atacar o participante, deixando-o isolado em momentos como almoço e jantar. O ápice foi no Jogo da Discórdia da última segunda-feira (1), quando o chamou, ao vivo, de “abusador” e “merda”.



Mais Notícias