Novidade

Rede Brasil resgata sessão de filmes com clássico dos anos de 1980

A emissora escolheu a produção A História Sem Fim

 Rede Brasil resgata sessão de filmes com clássico dos anos de 1980
Propaganda do filme da Rede Brasil - Foto: Divulgação

Redação NT

Publicado em 04/12 às 20:30:00

A Sessão Matinê voltará para a programação da Rede Brasil a partir deste sábado (5), às 15h. A faixa servirá para que toda semana o público acompanhe filmes clássicos e exclusivos infanto-juvenis. A reestreia será com o longa-metragem A História Sem Fim (1984).

continua depois da publicidade

A decisão de escolher o filme de Wolfgang Petersen foi do diretor Evê Sobral. A produção gira em torno da história do garoto Bastian (Barret Oliver), que utiliza da sua imaginação para fugir dos problemas como as provas do colégio, as brigas na escola e até a morte da sua mãe.

Ao correr de alguns meninos que vivem o perseguindo, ele entra em uma livraria, ao entrar, o dono da livraria mostra um antigo livro com o título de A História Sem Fim e diz que é uma leitura muito perigosa. Entretanto, isso apenas chama a atenção de Bastian que foge com o livro sem ser percebido.

continua depois da publicidade

Ao chegar em casa, começa a leitura que o transporta para um mundo de fantasia e aventura, local esse, que já aguardava um herói para ajudar a imperatriz (Tami Stronach) muito doente e com seu reinado aos poucos sendo devorado pelo feroz Nada. A única esperança é Atreyu (Noah Hathaway), que vai atrás de uma cura para a doença da imperatriz com a ajuda do então recém chegado Bastian.

Rede Brasil e as produções antigas

Em outubro, a emissora trouxe de volta a série clássica Batman (1966), mas em formato com alta definição (HD) e som Dolby Stereo. O retorno de Batman na programação da Rede Brasil não  foi por acaso.

continua depois da publicidade

A série já esteve na grade da emissora no passado e conquistou índices satisfatórios no Ibope. Inclusive, chegou a superar alguns concorrentes. O canal está disponível no sinal digital aberto no número 10.1 em São Paulo.