Reportar erro
Lucas Gentil

SBT demite diretor de Maisa e de filhas de Silvio Santos

Profissional, que começou na emissora em 1998, despediu-se em rede social

Lucas Gentil, diretor do Programa da Maisa, ao lado de Maisa e Oscar Filho
Lucas Gentil, diretor do Programa da Maisa, ao lado de Maisa e Oscar Filho - Foto: Gabriel Cardoso/SBT
Paulo Pacheco

Publicado em 01/12/2020 às 21:45:15

O SBT deu sequência à "limpa" no Programa da Maisa com a saída da apresentadora, Maisa Silva, há 13 anos na rede de Silvio Santos. Após demitir o humorista Oscar Filho, a emissora desligou um de seus diretores mais experientes, Lucas Gentil.

Em suas redes sociais, o diretor agradeceu aos colegas que conheceu em seus mais de 20 anos no SBT e relembrou alguns programas dos quais participou nos bastidores, como Casa dos Artistas, Bake Off, Máquina da Fama, Ídolos, Astros e Cozinha Sob Pressão (Hell's Kitchen).

"Desafios e aprendizados fazem parte da rotina de quem trabalha em televisão. Carinho também, como o que recebi hoje dos colegas da 'família SBT' quando encerrei oficialmente mais um ciclo na emissora. Que venham novos projetos para criar, adaptar e dirigir", escreveu Lucas Gentil.

O diretor recebeu o anúncio de sua demissão no início de novembro, porém aguardou a virada do mês para se despedir oficialmente. Na publicação, ganhou elogios e mensagens de incentivo de Maisa, Eliana, Arlindo Grund, André Vasco, Nadja Haddad e Daniela Beyruti, filha "número três" de Silvio.

"Adoro você e seu trabalho. Grata por ter te conhecido. SBTista do coração que virou meu amigo", comentou Daniela Beyruti, que estreou como diretora ao lado de Lucas Gentil no reality show musical Ídolos (2006).

Trajetória de Lucas Gentil no SBT

Profissional de confiança da alta cúpula do SBT, Gentil também trabalhou com Patricia Abravanel em sua estreia como apresentadora, na série especial Festival SBT 30 Anos (2011). Repetiu a dose ao lado da filha "número quatro" do patrão nos shows do Máquina da Fama (2014).

Lucas Gentil entrou no SBT em 1998, como estagiário. Trabalhou no Fantasia, Domingo Legal e Programa do Ratinho, e foi um dos assistentes de direção de Rodrigo Carelli na primeira Casa dos Artistas (2001), maior audiência da história da emissora.

Em seguida, emendou programas como O Conquistador do Fim do Mundo (2003), Ídolos (2006), Astros (2013), Máquina da Fama (2014), Cozinha Sob Pressão (2014), Festival Sertanejo com Chitãozinho & Xororó (2015), Bake Off Brasil (2015), Júnior Bake Off Brasil (2018), Minha Mulher que Manda (quadro do programa Eliana, em 2018) e Programa da Maisa (2019).

TAGS:
Mais Notícias