Programação

Globo tapa buraco em São Paulo após cancelar debate entre Covas e Boulos

Candidato do PSOL anunciou teste positivo para o novo coronavírus

 Globo tapa buraco em São Paulo após cancelar debate entre Covas e Boulos
Guilherme Boulos (PSOL) e Bruno Covas (PSDB) em debate na Band - Foto: Reprodução/Band

Paulo Pacheco

Publicado em 27/11 às 18:33:01

Globo decidiu o que exibirá no lugar do debate entre os candidatos à Prefeitura de São Paulo, cancelado na tarde desta sexta-feira (27), horas antes de sua transmissão. Guilherme Boulos (PSOL), adversário de Bruno Covas (PSDB), anunciou ter sido diagnosticado com o novo coronavírus e não poderá ir ao estúdio de TV. As regras do programa, acordadas entre os dois concorrentes, proíbem a realização do embate em qualquer outro lugar senão na sede da emissora.

continua depois da publicidade

Em comunicado enviado à imprensa, a Globo anunciou que reexibirá para São Paulo o Globo Repórter com a viagem de Glória Maria a Macau, na China. A emissora ainda divulgou que os debates no Rio de Janeiro e em Recife estão mantidos.

César Tralli, apresentador do debate em São Paulo, informou no Twitter sobre o cancelamento do programa: "Guilherme Boulos do PSOL testou positivo para Covid. Portanto, o debate desta noite aqui na Globo entre ele e Bruno Covas do PSDB - e que seria mediado por mim - está cancelado".

continua depois da publicidade

Boulos propôs um debate virtual, vetado pelo regulamento assinado pelos dois candidatos, e seus apoiadores exigiram da emissora que aceitasse a sugestão do representante do PSOL: "Conforme já noticiado, testei positivo para Covid-19, mesmo não tendo sintomas, e estou em isolamento. Já pedimos à Globo para o debate ser mantido de forma virtual. Peço duas coisas: cuidem-se e virem votos até domingo. A virada depende de cada um de nós".

continua depois da publicidade

Bruno Covas, que chegou a gravar peças de sua campanha na TV divulgando o debate da Globo, desejou no Twitter pronta recuperação a seu oponente.

Pelas regras do debate, está previsto o seu cancelamento caso um dos candidatos não puder comparecer ao estúdio por problema de saúde. O contrato assinado e protocolado no TRE (Tribunal Regional Eleitoral) ressalta que o encontro só pode acontecer de forma presencial, não virtual.

continua depois da publicidade

Globo não terá debate em SP neste ano

A Globo estava pronta para promover o encontro entre Guilherme Boulos e Bruno Covas neste segundo turno, mas optou por não realizar o programa de maneira virtual. No primeiro turno, o canal cancelou a atração por conta da pandemia do novo coronavírus.

Na ocasião, a emissora argumentou que não conseguiria dar segurança aos candidatos e profissionais envolvidos no debate contra a Covid-19. Ela também refutou a ideia de promover o encontro on-line por questões técnicas, como velocidade da internet das campanhas e possível desigualdade entre os ambientes em que os candidatos estariam na hora do programa.

continua depois da publicidade

Por outro lado, haverá debate em outras 33 cidades, promovidas pela Globo e suas afiliadas espalhadas pelo Brasil.