Bom humor

Eduardo Paes explica por que não foi a debate da CNN: "Homenagem a Band"

Ex-prefeito ficou surpreso com a pergunta

 Eduardo Paes explica por que não foi a debate da CNN: "Homenagem a Band"
Eduardo Paes foi ao debate da Band - Foto: Reprodução

Redação NT

Publicado em 20/11 às 14:33:08

Eduardo Paes (Democratas) enfrentou Marcelo Crivella (Republicanos) no debate eleitoral promovido pela Band Rio na última quinta-feira (19). Após o fim do programa, o ex-prefeito carioca foi entrevistado e acabou sendo questionado sobre o motivo de não ter ido ao encontro que seria realizado pela CNN Brasil na terça (17). Com bom humor, o político explicou que quis “homenagear” a emissora de Johnny Saad.

continua depois da publicidade

“O senhor não foi ao debate promovido pela CNN. Por qual razão, já que o seu adversário teve um tempo maior pra apresentar as propostas?”, questionou a repórter. “Em homenagem a vocês, né? A Band tem uma história de fazer o primeiro debate e eu jamais imaginei que essa pergunta fosse feita aqui. Fui homenagear a Band e a Band tá me cobrando. Na próxima então eu vou primeiro debate na CNN se eu disputar outra eleição na vida”, disparou Paes.

continua depois da publicidade

A pergunta surgiu por conta da não participação de Eduardo no debate da CNN Brasil. Surpreendentemente, o canal de notícias "furou" a Band e foi a primeira TV a realizar o encontro do segundo turno entre os candidatos de São Paulo e Rio de Janeiro.

A emissora aberta ficou conhecida pela tradição de realizar primeiro a atração que reúne os políticos que tentam uma vaga no Executivo – prefeito, governador e presidente –, mas perdeu esse título em 2020. Só que Paes optou por recusar o convite da CNN e, no horário, participou de uma festa em homenagem aos 80 anos de Tia Surica, matriarca da Portela.

continua depois da publicidade

Sem Eduardo Paes, CNN Brasil mudou o formato

Sem Eduardo Paes, a CNN Brasil mudou o formato do debate e realizou uma sabatina com Marcelo Crivella. O atual prefeito do Rio respondeu aos questionamentos, mas ficou marcado por falar várias vezes mal da Globo e receber uma chamada de atenção de Monalisa Perrone.

“Nós tivemos... 0,1% da nossa população morreu, enquanto a Globo lixo dizia que nós iríamos perder 3% da população", disse o político. “Candidato, para reiterar, esse é um momento propositivo. Então, qualquer tipo e ataque a qualquer pessoa ou a qualquer instituição não é bem-vindo, para pontuar. De fato, o momento e o espaço são importantes para que as pessoas escutem a suas propostas”, afirmou a apresentadora.

continua depois da publicidade