Reportar erro
Novidade

Atriz de 3% vira apresentadora do Canal Like e defende diversidade na TV

Indira Nascimento comandará atrações sobre cinema

Indira Nascimento
Indira Nascimento estará no Canal Like - Foto: Divulgação
Redação NT

Publicado em 06/11/2020 às 20:00:00

Indira Nascimento estreou no Canal Link no dia 18 de outubro e passou a comandar o Listas: Dramas Spielberg, Procurando o Doc? a 13ª Emenda e Momento Trailer: A Caverna. A apresentadora não esconde sua satisfação em comandar atrações voltadas ao cinema. A atriz, que esteve em 3%, da Netflix, também confessa que gostaria muito trabalhar com Steven Spielberg.

“O convite surgiu a partir da série de vídeos que eu gravava para o meu IGTV, chamada Movimentando Afetos Sobre Cinema, onde eu indicava filmes que eu já tinha visto e que me tocaram de alguma maneira, em especial filmes feitos por profissionais pretos do audiovisual do Brasil e do mundo. A Maytê Piragibe, que é minha amiga pessoal, fez a ponte e com o Canal Like, que me procurou, e começamos as conversas.”, comenta Indira em entrevista exclusiva ao NaTelinha. No like, ela passou a ser apresentadora com o lado de Maytê Piragibe, Hugo Bonemer e Anne Braune. 

Apaixonada por Spielberg, a apresentadora aceitaria trabalhar ao lado do diretor. Ela também revelou que faria parte do elenco de filmes que tivessem outros diretores que já venceram Oscar, Globo de Ouro e BAFTA. “O Spielberg é referência, já dirigiu obras fantásticas! Eu tenho o sonho de ser dirigida por alguns diretores americanos como Ava Duvernay, Spike Lee e, Spielberg, com certeza!”, explica.

Nascida em São Paulo, iniciou a carreira como repórter e se mudou para o Rio de Janeiro em 2012, atuando em sua primeira peça em 2014, Amor e Restos Humanos. Pouco a pouco foi ganhando espaço e trabalhou na peça A Serpente, de Nelson Rodrigues, com supervisão do Wolf Maia.

Mesmo com amplo conhecimento no teatro e no cinema, ela adora assistir televisão. “Eu assisto de tudo, de novela a documentário, risos. Mas, normalmente, assisto pelo menos a um filme por dia”, relatou, defendendo a diversidade na TV.

“A televisão é consumida por todo tipo de pessoa, negros, brancos, indígenas, deficientes auditivos, deficientes físicos, pessoas trans, etc. Não é justo, nem lógico que toda essa diversidade seja resumida na figura de pessoas brancas. Precisamos de diversidade porque somos diversos”, completou.

Indira Nascimento e seu sonho

Atriz de 3% vira apresentadora do Canal Like e defende diversidade na TV

Indicada ao Prêmio de Melhor Atriz com a esquete Só eles o sabem, no Fest Art, em 2014, e vencedora do Prêmio Cine Tamoio Festival (2017), como Melhor Atriz coadjuvante pelo curta Mercadoria, Indira Nascimento admite que seu maior sonho é fazer tudo com eficiência. “O maior [sonho] deles é me tornar referência e fazer tudo com excelência”, concluiu.

Mais Notícias