Reportar erro
Equívoco

GloboNews comete gafe em GC durante cobertura de terremoto: "Sismógrafo fala"

Edição das 10h errou em GC

GC errado da GloboNews
GloboNews errou GC - Foto: Reprodução
Redação NT

Publicado em 30/10/2020 às 15:47:00

A GloboNews fez nesta sexta-feira (30) uma cobertura sobre o terremoto no mar Egeu, que atingiu a Turquia e a Grécia. A emissora paga de jornalismo convidou o coordenador do LabSis da UFRN (Universidade Federal do Rio Grande do Norte), Aderson Farias do Nascimento, para comentar o assunto, mas cometeu uma gafe no GC (gerador de caracteres) com a palavra Sismógrafo.

“Sismógrafo fala sobre terremoto de alta magnitude no mar Egeu”, estava escrito no GC. Contudo, sismógrafo é um aparelho que detecta os movimentos do solo, incluindo os gerados pelas ondas sísmicas. Isso significa que o instrumento não pode falar, conforme escreveu a produção do jornal da Edição das 10h.

Apesar da gafe ter ocupado a tela da GloboNews, pouco repercutiu o episódio nas redes sociais. Isso porque o tema tratado era de muita importância, já que o terremoto matou seis pessoas e deixou 120 feridos. Prédios desabaram na cidade de Izmir, na Turquia.

O tremor foi de magnitude 7,0, segundo o serviço geológico dos Estados Unidos. As pessoas correram para as ruas depois que ocorreu o terremoto. Imagens de uma emissora da Turquia estão rodando o mundo, assustando muita gente por causa da destruição que a região de Izmir ficou.

Erro em GC não é novidade da GloboNews

GloboNews comete gafe em GC durante cobertura de terremoto: \"Sismógrafo fala\"

Não é a primeira vez que ocorre uma gafe em GC na televisão. No ano passado, os telespectadores do Encontro repararam em um erro de ortografia no GC. O assunto debatido era sobre uma obra de Dom Casmurro que estava gerando uma repercussão entre os "internaltas", sim, com "L" ao invés do "U".

Em 2017, outro caso inusitado aconteceu com o nome de Bianka Carvalho. Ela estava em uma reportagem para o Bom Dia Pernambuco, quando apareceu no GC “Bianka Cara***. Rapidamente, o telejornal arrumou, mas o print rodou as redes sociais e muitos memes foram criados na época.

Mais Notícias