Reportar erro
De calça curta

Cid Moreira já apresentou Jornal Nacional de bermuda: "Única vez"

Em conversa com o veterano, Patrícia Poeta revelou que também já "desceu do salto" no comando do JN

Cid Moreira revelou que já apresentou o JN de bermuda
Cid Moreira foi um dos primeiros âncoras do Jornal Nacional, permanecendo na bancada de 1969 a 1996 - Foto: Reprodução/Globo
Redação NT

Publicado em 15/08/2020 às 15:20:00

Cid Moreira concedeu uma entrevista ao É de Casa, da Globo, na manhã deste sábado (15). O ex-âncora do Jornal Nacional participou do programa por chamada de vídeo. Em conversa descontraída com Ana Furtado, o jornalista matou a curiosidade dos telespectadores ao lembrar da vez em que apresentou o JN de bermuda.

"Aconteceu uma única vez. Estava chovendo muito e não deu tempo de chegar em casa e apresentei o jornal de bermuda", contou Cid Moreira, durante o É de Casa. A postura sisuda dos âncoras, que, antigamente, só apareciam no vídeo da cintura para cima, rendeu por décadas boatos de que só apresentavam os telejornais de bermuda ou até mesmo de cueca.

Aos 92 anos, Cid Moreira tem se aventurado como digital influencer. A entrevista ao programa da Globo contou ainda com a participação da esposa do jornalista, Fátima, de 56. Na participação, ela deu um beijo no marido, mas revelou que ele, mais discreto, não gosta de manifestações públicas de afeto.

Após a entrevista com o veterano, Patrícia Poeta, que também ocupou a bancada do Jornal Nacional, entre 2011 e 2014, deu mais detalhes sobre a correria nos bastidores da atração. "Quando a gente trabalha com notícia, é tudo para ontem. A coisa aconteceu, você já sai correndo", comentou a jornalista, que atualmente integra o elenco de apresentadores do matutino global.

"Teve uma cobertura que eu fiz em 2013, se não me engano, e eu estava de salto alto. Fiquei acho que 8 horas lá. Automaticamente, tirei o sapato. Fiquei de pés descalços chamando os repórteres. Nunca tirei o sapato aqui no É de Casa, lá no JN já", brincou Patrícia.

Mais Notícias