Polêmica

Para fugir do Jornal Nacional, Bolsonaro teria atrasado divulgação de dados da Covid-19

Jair Bolsonaro não tem boa relação com a Globo

Para fugir do Jornal Nacional, Bolsonaro teria atrasado divulgação de dados da Covid-19
Jair Bolsonaro já criticou o JN - Foto: Montagem

Publicado em 05/06/2020 às 14:40:00

Por: Redação NT

Atrapalhar a cobertura do Jornal Nacional teria sido a principal motivação do Ministério da Saúde para alterar o horário de divulgação dos dados sobre o coronavírus no Brasil, que passou para as 22h. A decisão teria partido do presidente Jair Bolsonaro.

De acordo com informações publicadas nesta sexta-feira (5) pelo portal Correio Braziliense, pessoas ligadas ao alto escalão do governo teriam dito que a partir de agora os índices vão ser liberados apenas as 22h e não há intenção de Bolsonaro mudar de ideia neste momento.

Aparentemente, a estratégia possivelmente adotada pelo governo é evitar que os dados estejam disponíveis antes do JN ir ao ar, período em que as televisões têm maior audiência e, consequentemente, causa maior repercussão. Não houve um anúncio oficial, mas nos bastidores corre a informação que tudo será liberado para a imprensa apenas no fim da noite, mesmo que estejam disponíveis para a equipe de Saúde às 19h.

Quando Luís Henrique Mandetta era ministro, os números eram entreguem para os jornalistas a partir das 17h e ainda tinha coletiva de imprensa. Desde aquele período já existiria pressão para que os dados fossem disponibilizados depois das 22h, mas Mandetta teria sido contra.

Procurada pelo NaTelinha, a assessoria de comunicação do presidente Jair Bolsonaro não se posicionou sobre o assunto. Caso haja uma resposta, a reportagem será atualizada.

Posicionamento do Jornal Nacional

Na noite da última quinta-feira (4), o Jornal Nacional, através dos apresentadores William Bonner e Renata Vasconcellos, anunciou que atualizará o número de casos e mortes a partir dos dados divulgados pelas Secretarias Estaduais de Saúde.

"Para que você tenha sempre os números mais atuais desta pandemia, a partir de hoje o Jornal Nacional vai apresentar os dados das Secretarias Estaduais de Saúde, totalizados pelo G1, e também os números atualizados do Ministério da Saúde, quando forem divulgados a tempo, porque a nossa missão no JN é levar a você todas as informações relevantes sobre esse desafio enorme que a pandemia impõe à saúde dos brasileiros", disse Bonner.

Não foi só o JN

Com a mudança na cobertura do JN, ficou evidente o incômodo da Globo em relação ao comportamento do Governo, mas não foi apenas a emissora que se irritou. Adriana Araújo, âncora do Jornal da Record, também se posicionou com a nova ação da União.

“É uma questão de saúde pública saber o que está acontecendo no Brasil agora. É muito importante para todos nós”, disparou a jornalista em sua conta do Instagram. Ela ainda falou que todos estão cansados, mas explicou que os números não podem ser divulgados tão tarde.


Siga o NaTelinha nas redes sociais

Reportar erro

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!