Truculência

Repórter da GloboNews é empurrada por policial ao vivo em protesto

Carolina Cimenti reclamou da violência do agente de segurança

Repórter da GloboNews é empurrada por policial ao vivo em protesto
Repórter da GloboNews foi empurrada - Foto: Reprodução/Globo

Publicado em 05/06/2020 às 09:59:00

Por: Redação NT

A repórter da GloboNews, Carolina Cimenti, foi empurrada por um policial na noite da última quinta-feira (4), durante cobertura ao vivo dos protestos em Nova Iorque contra o racismo após a morte de George Floyd. A jornalista se afastou da confusão, mas manteve a transmissão explicando a situação ao público.

Tudo começou quando ela tentou se aproximar, junto com o cinegrafista, de um manifestante que estava sendo preso. A jornalista contava o que ocorria, mas um policial a empurrou e gritou "vá para a calçada", abrindo espaço com o braço para evitar aglomeração e mais confusão.

Um pouco assustada, Carolina enfrentou o agente de segurança pública de Nova Iorque. “Não me toque”, afirmou a repórter em inglês. Ela se afastou e deixou evidente o seu incômodo com o comportamento do homem. “Polícia está agredindo a gente também, eu e o Alex Carvalho. Polícia extremamente truculenta aqui, eu e ele sendo empurrados com muita agressividade”, disparou.

Nesta sexta (5), o ocorrido foi exibido no Bom Dia Brasil. “Ontem a nossa equipe foi alvo de intimidação dos agentes, apesar da permissão para trabalhar na rua durante o toque de recolher”, explicou o repórter Felipe Coagli.

Protestos nos Estados Unidos

Os protestos nos Estados Unidos estão tomando conta das redes sociais e também da televisão brasileira. A GloboNews tem feito uma cobertura extensa sobre o tema, inclusive com correspondentes internacionais presentes nas ruas para mostrar ao vivo as manifestações.

A CNN Brasil, que foi muito criticada por ignorar os protestos nos primeiros dias, passou a exibir também em tempo real os momentos de tensão que vive o país norte-americano nos últimos dias.

publicidade




LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!