Popular

De apoio a Bonner a fora em Bolsonaro: 5 vezes em que Renata Vasconcellos bombou no JN

Apresentadora ganhou a simpatia do público

De apoio a Bonner a fora em Bolsonaro: 5 vezes em que Renata Vasconcellos bombou no JN
Renata Vasconcellos no Jornal Nacional - Foto: Reprodução/Globo

Publicado em 03/06/2020 às 06:27:00

Por: Redação NT

Renata Vasconcellos ganhou a simpatia do público ao se tornar âncora do Jornal Nacional, mas o carinho aumentou diante da cobertura feita pelo telejornal em relação ao coronavírus.

Com cerca de seis anos na bancada da produção do jornal mais importante do país, Renata já protagonizou cinco momentos que levaram as redes sociais ao delírio. Reunimos esses episódios e fizemos um resumo.

Confira:

Estreia

Renata Vasconcellos estreou em 2014 no Jornal Nacional, substituindo Patrícia Poeta e já foi o principal tema da web. Ela ganhou a simpatia do público e recebeu muitos elogios pela sua postura.

Na visão da web, na época, ela demonstrou segurança ao falar das reportagens, apresentou simpatia e beleza. A expectativa acabou sendo superada e hoje a comunicadora é uma das mais queridas do público.

Jair Bolsonaro x Renata Vasconcellos

Em 2018, o então candidato à Presidência da República, Jair Bolsonaro, foi sabatinado no Jornal Nacional e foi questionado pela jornalista sobre declarações anteriores em que ele minimizou a importância da desigualdade salarial entre mulheres e homens nos mesmos cargos.

O político perguntou se Renata tinha escutado ou visto ele falando isso e ela respondeu que as duas coisas. “Me desculpe, a senhora não ouviu”, rebateu Bolsonaro. Foi aí que ele teve um novo posicionamento polêmico.

 “Temos aqui uma senhora e um senhor, não sei ao certo, mas com toda certeza há uma diferença salarial aqui, parece que é muito maior pra ele que para a senhora”, disparou, sendo interrompido por Renata,

“Eu poderia até como cidadã e como qualquer cidadão brasileiro fazer questionamentos sobre seus proventos porque o senhor é um funcionário público há 27 anos e eu como contribuinte ajudo a pagar o seu salário. O meu salário não diz respeito a ninguém e eu posso garantir ao senhor, como mulher, que eu jamais aceitaria receber um salário menor de um homem que exercesse as mesmas funções e atribuições que eu”, posicionou-se.

Na época em que ocorreu a discussão, Renata foi muito elogiada por várias pessoas pelo seu comportamento frente ao candidato que, pouco tempo depois, foi eleito presidente da República.

Renata Vasconcellos elogia manifestação

Em março, o Jornal Nacional exibiu imagens de pessoas aplaudindo os trabalhos de profissionais de saúde. Ela se tornou um dos principais assuntos das redes sociais porque sorriu para as homenagens e elogiou a manifestação. “Bonito”, afirmou a apresentadora.

Apesar de ter elogiado as homenagens, muitas pessoas afirmaram que ela se posicionou favorável ao panelaço contra Bolsonaro que apareceu no JN antes de exibir a reportagem dos aplausos.

Apoio a William Bonner

Outro momento que Renata foi muito elogiada foi quando ela deu apoio ao seu colega de bancada, o jornalista William Bonner. O apresentador ficou comovido com uma reportagem que mostrava uma cantora realizando apresentações em sua casa todos os dias.

“O Bonner ficou emocionado”, declarou Vasconcellos ao telespectador. “Não, eu não. Quase não me emociono”, afirmou Bonner bem humorado. “Eu vou encerrar [a edição], tá?”, finalizou a apresentadora dando suporte ao colega.

Expressão de Renata Vasconcellos

Na edição do Jornal Nacional do dia 19 de maio, a apresentadora acompanhou a declaração de Jair Bolsonaro feita em uma live. “Quem é de direita, toma cloroquina, quem é de esquerda, toma Tubaína”, afirmou o presidente no dia que cerca de 800 pessoas tinham morrido por causa do coronavírus no Brasil.

Após a reportagem, a câmera fechou no rosto de Renata e foi possível identificar seus olhos marejados e um cansaço aparente. Internautas declararam nas redes sociais que a apresentadora deveria estar cansada por conta das notícias negativas.


Siga o NaTelinha nas redes sociais

Reportar erro

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!