Batente

No Dia do Trabalhador, relembre sete personagens que eram workaholics

Relembre personagens que viviam para trabalhar

 No Dia do Trabalhador, relembre sete personagens que eram workaholics
Afonso Lambertini, Maria da Paz e Lineu Vasconcelos pegavam pesado no trabalho

Thiago Forato

Publicado em 01/05 às 08:23:41

Nesta sexta-feira (1º), comemora-se o Dia do Trabalhador em vários países do mundo. Apesar da data, é feriado e muitos podem se dar ao deleite de descansar.

continua depois da publicidade

Apesar da quarentena, muitos aproveitam para relaxar, ver um filme, espairecer com livros. Outros, no entanto, preferem trabalhar mais.

Pensando nisso, o NaTelinha elaborou uma lista com personagens que eram apaixonados pelo trabalho e viam na labuta uma forma de obter prazer ou se aperfeiçoar ainda mais na profissão.

Confira:

Lineu Vasconcelos

Dono de um conglomerado da comunicação em Celebridade (2003), Lineu Vasconcelos (Hugo Carana) possuía duas editoras e canais de televisão por assinatura. Também era chefe de Renato Mendes (Fábio Assunção), editor da Revista Fama.

continua depois da publicidade

Ao longo da trama, é assassinado por Laura (Cláudia Abreu), mas descobre a tempo que é pai de Maria Clara (Malu Mader).

Afonso Lambertini

Depois de ver a mulher Silvia morrer, Afonso (Lima Duarte) entra em depressão na novela Da Cor do Pecado (2004).

Dono de diversas empresas do Grupo Lambertini, vê no trabalho a única opção para continuar vivendo, e para isso, dedica sua vida a multiplicar patrimônio, a medida que se transforma cada vez mais em um homem amargurado e solitário.

continua depois da publicidade

Com o passar das décadas, se torna um dos homens mais ricos do mundo, e só vê seu coração amolecer com a chegada do neto, Raí (Sergio Malheiros).

Carolina

Diretora da revista Totalmente Demais (2015-16) na novela homônima, Carolina (Juliana Paes) sempre teve como objetivo de vida ser bem-sucedida.

De infância e adolescência humilde, lutou para chegar onde chegou e ficou até esnobe. Com o relógio biológico batendo a porta, Carolina só pisa no freio quando bate o desejo de ser mãe.

continua depois da publicidade

Até lá, trabalho em primeiro lugar. Sempre.

Bruno Mezenga

Descendente de italianos que chegaram ao Brasil no final do século XIX, Bruno Mezenga (Antonio Fagundes) de O Rei do Gado (1996) herdou uma lavoura de café, e torna dela sua vida.

O maior criador de gado do Brasil não hesita em sustentar os filhos com muito luxo e ostentação, além de conseguir manter diversos funcionários em sua casa e fazendas.

Maria da Paz

Quem aí não quis provar os bolos da Paz em 2019 quando A Dona do Pedaço esteve no ar?

continua depois da publicidade

A história da mulher que começou a vender pedaços de bolos na rua nunca teve medo de trabalho. Sozinha, construiu um grande fábrica e rede de confeitarias.

Ao longo da trama, não se furtou de recomeçar a partir da estaca zero. No entanto, Maria da Paz também tinha espaço para amar.

Maria do Carmo

Nordestina sofredora e abandonada pelo marido, Maria do Carmo (Carolina Dieckmann/Susana Vieira) sai do sertão do Pernambuco para o Rio de Janeiro e dar uma vida melhor aos seus filhos em Senhora do Destino (2004-05).

continua depois da publicidade

Se antes vivia em situação de pobreza extrema, começa a construir uma grande loja de material de construções: Do Carmo.

Com muito trabalho, a protagonista da trama cresce e consegue dar uma vida confortável aos filhos.

Alex Ticiano

Em Verdades Secretas (2015), Alex é empresário da indústria têxtil e extremamente poderoso. Até se apaixonar por Angel (Camila Queiroz), o sedutor só queria saber de trabalhar. E assim o fez.

continua depois da publicidade

O personagem interpretado por Rodrigo Lombardi era um dos homens mais ricos do país e não ousava em esbanjar com o que queria.