Reportar erro
Posição

Participante negra comenta suposto racismo de Silvio Santos: "Fiquei constrangida"

Ela afirmou que não processará o apresentador e explicou que não se vitimizou

Cantora Jenifer
Cantora participou do Programa Silvio Santos - Foto: Montagem
Redação NT

Publicado em 09/12/2019 às 10:00:00

No último domingo (08), Silvio Santos voltou a ser protagonista de mais uma polêmica  após mudar o resultado de uma competição musical do seu programa, que foi vencido por uma mulher negra e ele preferiu dar a vitória para outra competidora. Na manhã desta segunda-feira (09), a artista que ganhou a votação da plateia se pronunciou através dos Stories em sua conta no Instagram.

“Eu to aqui lendo os comentários e repostando algumas coisas, lendo algumas mensagens e eu vi uma coisa que me chamou atenção: a pessoa falou pra eu crescer no meu talento e não me vitimizar. Quem assistiu, viu. O povo sentiu a situação, eu fiquei super constrangida no momento e, como demorou três semanas para ir ao ar, eu não podia mencionar nada sobre o assunto e muito menos expor nada porque o programa não tinha ainda passado”, explicou a cantora chamada Jennyfer Oliver.

“Eu jurava que eles iriam editar a parte que ele me barrou de cantar a música. Em nenhum momento eu postei nada falando que ele foi racista comigo ou algo do tipo. As pessoas sentiram e postaram no Twitter, no Instagram, enfim, se as pessoas sentiram, eu respeito a opinião de todo mundo, cada um tem a sua. Eu respeito as pessoas como elas me respeitam e em nenhum momento eu  me fiz de vítima, mas eu me senti super constrangida com a situação porque ele ouviu as três cantarem e quando chegou na minha vez ele barrou. Falou que a música era muito chata”, disparou.

No quadro, as participantes cantavam as mesmas músicas, sendo Dona de Mim, Minha Pequena Eva e Caneta Azul.  “Quem escolheu foi a própria produção. Não foram nenhuma de nós quatro [as competidoras]. Achem o que vocês quiserem, não estou me fazendo de vítima e eu só me senti prejudicada”, desabafou.

Jennyfer vai processar Silvio Santos?

Participante negra comenta suposto racismo de Silvio Santos: \"Fiquei constrangida\"

Jennyfer relatou aos seus seguidores que não pretende processar Silvio Santos e nem o programa do SBT. “A gente ganhou o dinheiro, pagamos as contas já, o Silvio vai continuar rico, podre de rico e não vai adiantar nada brigando pelo que tá certo, porque o certo hoje ta errado e o errado hoje tá certo. Não vai adiantar, vai continuar do mesmo jeito, não vai adiantar processar, ir atrás de direitos nenhum, porque aí vou ser prejudicada, nunca mais vou participar de nenhuma emissora, porque o que manda é o dinheiro, pode comprar advogado e pode calar a minha boca”, detonou.

Sendo assim, a artista quer apenas paz. “Deixa pra lá, vale a pena não. O importante é que eu vivo da música, trabalho honestamente pra ter minhas coisas, pra pagar minhas contas, pra morar sozinha e ter minha liberdade. É bom ter seguidores e ter o carinho das pessoas, visibilidade, é legal. Mas o que vale mais é a paz, então vamos viver em paz e largar pra lá esse negócio idiota”.

“O importante é que ganhei o carinho do público, as pessoas que estão mandando mensagem, parabenizando, agradecendo. Beijos. O importante é o amor de vocês por nós, artistas”, finalizou.

Entenda o caso

No quadro, diversas candidatas se apresentaram com uma performance musical e, após outras terem suas oportunidade, quando chegou a vez de Jennyfer Oliver, participante negra, Silvio já interrompeu sua apresentação e afirmou que a música da vez, Dona de Mim, era muito chata.

Mesmo com a moça constrangida, Silvio manteve sua postura e colocou a votação da plateia para escolher quem seria a vencedora. O apoio das colegas do auditório, como o apresentador costuma chamar as mulheres que comparecem ao programa, fez com que Jennyfer vencesse a competição disparado, mas ele não gostou do resultado e mudou as regras, o que fez com que uma concorrente branca saísse com a vitória.

Silvio Santos se tornou um dos principais assuntos das redes sociais e sua atitude foi chamada de racista na web.

Mais Notícias