Reportar erro
Reconhecimento

CNN Brasil anuncia Reinaldo Gottino oficialmente e explica contratação

Apresentador deixa Record para assumir programa com foco na política e economia

Reinaldo Gottino
Divulgação
Fabrício Falcheti

Publicado em 18/09/2019 às 13:58:40

A CNN Brasil anuncia oficialmente na tarde desta quarta-feira (18) a contratação de Reinaldo Gottino. Tendo vínculo com a Record até o dia 30 de setembro, o apresentador se acertou com o jurídico da emissora aberta para poder ser confirmado pelo novo canal de notícias.

Gottino comandará um programa diário, ao vivo, entre o final da tarde e início da noite, compondo a grade de programação com os jornalistas William Waack e Monalisa Perrone.

Reinaldo deixa o "Balanço Geral SP", onde falava sobre notícias policiais e fofocas, e faz um reposicionamento de seu perfil e carreira, se dedicando à cobertura em tempo real dos principais fatos políticos, econômicos e internacionais, que serão o foco de atuação da CNN Brasil. O programa contará ainda com analistas e comentaristas especializados nessas editorias e estará alinhado aos formatos dos programas da CNN Internacional.

Durante sua trajetória, Gottino esteve à frente das coberturas de posses presidenciais, do impeachment de Dilma Rousseff, da prisão do ex-presidente Lula e de todas as manifestações políticas que aconteceram no Brasil nos últimos anos. Com os protestos de 2015, comandou transmissões por diversos dias seguidos, com horas de plantões. Nas eleições do ano passado, mediou debates e ancorou a cobertura de apuração dos votos. Também foi o jornalista que mais tempo ficou ao vivo na TV brasileira em 2018: mais de mil horas.

“Gottino foi contratado porque une o reconhecimento de milhões de telespectadores brasileiros ao estilo de apresentação ao vivo da marca da CNN, que consagrou a expressão breaking news, em todo o mundo”, afirma Douglas Tavolaro, CEO e founder da CNN Brasil.

Reinaldo Gottino passará a fazer parte do time da CNN Brasil a partir de 1º de outubro, após o término de seu contrato com a atual emissora.

O novo compromisso é válido por cinco anos.

Contratação gera revolta na Record

Caiu como uma bomba nos bastidores da Record a notícia de que Reinaldo Gottino aceitou proposta da CNN Brasil e está deixando a emissora, onde desde 2014 apresentava o "Balanço Geral SP", líder de audiência com frequência e um dos responsáveis por cancelar o "Vídeo Show", da Globo.

Segundo apurado pelo NaTelinha, grande parte dos jornalistas e executivos da Record ficaram indignados com a atual direção de jornalismo - lê-se Antônio Guerreiro -, pelo "vacilo" com o contrato de Gottino.

O atual compromisso do apresentador é válido até o dia 30 de setembro e até o momento não havia sido procurado por ninguém para uma renovação. "O contrato de um dos artistas que mais incomoda a Globo na atualidade está para vencer e ele nem foi procurado pela direção. Descaso. O vacilo foi grande, inadmissível", relatou uma fonte à reportagem.

Sabendo dessa validade do contrato - até porque o CEO da CNN Brasil é Douglas Tavolaro, ex-vice-presidente de jornalismo da Record -, o novo canal de notícias foi atrás e conseguiu se acertar com Reinaldo, antecipando-se a qualquer estratégia da TV aberta.

De acordo com informação antecipada pelo site Notícias da TV, logo após a edição do "Balanço Geral" dessa segunda-feira (16), o jornalista foi até a direção e entregou uma carta informando que não iria renovar seu contrato e estava de saída da emissora de Edir Macedo.

A CNN Brasil tem previsão de estreia entre o final deste ano e início de 2019, na TV paga e plataformas digitais.

Mais Notícias