Exclusivo

Acerto de Reinaldo Gottino com a CNN Brasil gera revolta por "vacilo" da Record

Apresentador do "Balanço Geral SP" tinha contrato apenas até o dia 30 de setembro

Acerto de Reinaldo Gottino com a CNN Brasil gera revolta por
Reinaldo Gottino estava na Record desde 2005 - Divulgação

Publicado em 17/09/2019 às 09:51:56 ,
atualizado em 17/09/2019 às 09:54:43

Por: Fabrício Falcheti

Caiu como uma bomba nos bastidores da Record a notícia de que Reinaldo Gottino aceitou proposta da CNN Brasil e está deixando a emissora, onde desde 2014 apresentava o "Balanço Geral SP", líder de audiência com frequência e um dos responsáveis por cancelar o "Vídeo Show", da Globo.

Segundo apurado pelo NaTelinha, grande parte dos jornalistas e executivos da Record ficaram indignados com a atual direção de jornalismo - lê-se Antônio Guerreiro -, pelo "vacilo" com o contrato de Gottino.

O atual compromisso do apresentador é válido até o dia 30 de setembro e até o momento não havia sido procurado por ninguém para uma renovação. "O contrato de um dos artistas que mais incomoda a Globo na atualidade está para vencer e ele nem foi procurado pela direção. Descaso. O vacilo foi grande, inadmissível", relatou uma fonte à reportagem.

Sabendo dessa validade do contrato - até porque o CEO da CNN Brasil é Douglas Tavolaro, ex-vice-presidente de jornalismo da Record -, o novo canal de notícias foi atrás e conseguiu se acertar com Reinaldo, antecipando-se a qualquer estratégia da TV aberta.

VEJA TAMBÉM

De acordo com informação antecipada pelo site Notícias da TV, logo após a edição do "Balanço Geral" dessa segunda-feira (16), o jornalista foi até a direção e entregou uma carta informando que não iria renovar seu contrato e estava de saída da emissora de Edir Macedo.

No Instagram, pouco antes disso, Gottino já havia dado pista de sua decisão ao publicar uma foto olhando para o logotipo da Record e com emojis de palmas na legenda.

Mesmo tendo compromisso até o dia 30 de setembro, não há mais clima e Reinaldo Gottino já não apresentará o "BG" a partir desta terça (17), por decisão da cúpula.

Ele deverá ser anunciado oficialmente pela CNN Brasil no dia 1º de outubro, quando não tiver mais nenhum vínculo com a Record. Na nova casa, vai comandar um programa diário e ao vivo, antes de Monalisa Perrone e William Waack.


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!