Caso foi ontem

Após caso de racismo, repórter pede demissão: "Nunca me senti tão constrangido"

Rafael Martins estava no link com o apresentador Stanley Gusman

Após caso de racismo, repórter pede demissão:
Rafael Martins é o repórter que participou do momento em que Stanley Gusman teria praticado ato racismo no "Alterosa Alerta"

Publicado em 10/07/2019 às 15:14:29 ,
atualizado em 10/07/2019 às 17:49:11

Por: Naian Lucas

Menos de 24 horas depois do apresentador Stanley Gusman, da TV Alterosa, afiliada do SBT em Minas Gerais, ser acusado de racismo (veja vídeo no final)após um comentário em tom jocoso na edição da última terça-feira (09), o repórter Rafael Martins, que estava num link no momento da frase, publicou uma nota oficial pedindo demissão do jornal "Alterosa em Alerta".

O repórter garantiu em seu perfil no Instagram que a decisão é irrevogável, lembrando que nunca se viu numa situação como aquela em que Stanley o colocou ao vivo.

"Venho a público me manifestar na condição de jornalista e deputado estadual eleito por Minas Gerais. Em 18 anos de carreira na televisão, nunca me senti tão constrangido e desconfortável como na edição desta terça feira, 09, do Alterosa Alerta, exibido na Tv Alterosa, afiliada do SBT. Afirmações racistas, ainda que em tom jocoso, devem ser repudiadas com veemência por todos aqueles que defendem uma sociedade inclusiva, na qual os direitos alcancem indistintamente os cidadãos. E eu me encontro entre esses", começou a nota.

Após mostrar um posicionamento firme diante da frase considerada racista dita pelo colega, Rafael decidiu ir além e anunciar seu desligamento do jornalístico da emissora mineira.

"Em função das declarações do APRESENTADOR Stanley Gusman, DECIDI DEIXAR O PROGRAMA ALTEROSA ALERTA no qual atuava como repórter há quase quatro anos. Essa decisão irrevogável é uma clara manifestação de solidariedade a todos os que se sentiram ofendidos pela declaração, entre os quais eu me incluo.", sacramentou.

Rafael foi eleito deputado estadual por Minas Gerais nas eleições de 2018, quando teve 27.463 pelo PRTB - hoje está filiado ao PSD. Vale lembrar que a colega do PSOL-MG, Andreia de Jesus fez postagem retaliando a situação e garantindo que irá à justiça contra Stanley e a própria TV Alterosa.

Até o momento, nem o canal e nem o apresentador se manifestaram sobre o tema.

Racismo na TV Alterosa

O jornalista Stanley Gusman, apresentador do "Alterosa Alerta" foi acusado de racismo ao comentar o Ibope do programa. Ele falou que as redes sociais do jornal estava bombando e que essa era a verdadeira reação do público, não o da empresa que faz medição de audiência.

"Eu sei quem é o dono do Ibope. É o Montenegro. Se fosse bom seria Montebranco", encerrou aos risos. Além da frase ser tratada como racismo por boa parte das pessoas que acompanhou o caso, o jornalista cometeu uma gafe, já que ele se referia a Carlos Augusto Montenegro, antigo proprietário da empresa, que foi vendida há alguns anos para a Kantar. 

Assista


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!