Quase certo

Palmeiras vence queda de braço com a Globo e acordo fica próximo

Assinatura do contrato deve acontecer nas próximas horas

Palmeiras vence queda de braço com a Globo e acordo fica próximo
Palmeiras é o único clube a ainda não possuir nenhum acordo com o Grupo Globo

Thiago Forato
i

Thiago Forato

Thiago Forato é jornalista, escreve sobre televisão há 14 anos e assina a coluna Enfoque NT há oito, além de matérias e reportagens especiais no NaTelinha. Converse com ele:

thiagoforato@natelinha.com.br

Twitter: @tforatto

Publicado em 22/05/2019 às 05:21:02 Atualizado em 22/05/2019 às 13:34:16

O Palmeiras e o Grupo Globo travam uma negociação que se arrasta há meses. Somente neste ano, foram pelo menos 10 encontros com o intuito de chegar a um denominador comum para acertar os direitos de transmissão do Campeonato Brasileiro do clube paulista entre 2019 e 2024 na TV aberta e pay-per-view.

Agora, o acordo parece estar próximo. O NaTelinha apurou que a assinatura do contrato deve ocorrer nas próximas horas e a Globo teve que ceder em alguns pontos que o Palmeiras estava irredutível.

O principal deles é uma espécie de "multa" que diminuiria os ganhos do alviverde em 20% por ano por ter assinado com o Esporte Interativo para a TV paga. O clube entende que esse redutor é descabido, e a Globo concordou, enfim, em tirar isso da jogada.

Embora tenha endurecido nos valores a serem recebidos pelo pay-per-view- o clube queria algo próximo de Flamengo e Corinthians -, teve que chegar a um meio termo. Enquanto os dois clubes de maior torcida recebem R$ 120 e R$ 110 milhões respectivamente, o Palmeiras teria aceitado receber R$ 90 milhões, valor superior ao do São Paulo (cerca de R$ 70 mi).

A ideia do Grupo Globo é acelerar os trâmites para que o contrato seja assinado o mais rápido possível. O Premiere vem sofrendo reclamações no Procon, debandada e o fantasy game Cartola FC está com os jogadores do Palmeiras indisponíveis. Trocando em miúdos, fazendo todo o negócio deixar de ganhar milhões e irritando uma legião de torcedores.

Tentando turbinar seu serviço de PPV, o Grupo Globo incluiu algumas partidas da Copa do Brasil para estancar as reclamações. Nesta quarta-feira (22), o Premiere transmite Sampaio Corrêa x Palmeiras, pelas oitavas-de-final da competição. O jogo de volta está marcado para semana que vem. 

A manobra não agradou aos torcedores de outros clubes, que agora terá que desembolsar um valor maior para ver alguns jogos do seu time na segunda maior competição nacional.

Força máxima e prioridade

O Palmeiras vem tratando o Campeonato Brasileiro como prioridade. Pessoas do clube confirmaram que a comissão técnica está alinhavada com a direção.

Líder do campeonato com 13 pontos de 15 possíveis nas cinco rodadas, o alviverde vem colocando isso na mesa de negociações para jogar a Globo contra a parede. De que vem protagonizando mais uma edição do Brasileirão e seria um prejuízo irreparável para o Grupo não transmitir o atual campeão, que pode também abocanhar mais um troféu ao final da temporada.

Nos últimos encontros, também foi discutido as audiências que o Palmeiras vem proporcionando à TNT. O confronto contra o Inter, em 4 de maio, obteve 5,61 pontos, enquanto o duelo contra o Santos registrou 5,26 - índices considerados altíssimos no meio.

Se tudo ocorrer conforme o planejado, a primeira partida do Brasileirão 2019 do Palmeiras a ser transmitida em TV aberta pela Globo, seria contra a Chapecoense, no dia 2 de junho, às 16h, válido pela sétima rodada.

Procurada pelo NaTelinha, a emissora se limitou a dizer que "as negociações com o Palmeiras continuam".


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!