Segunda temporada

Cinco motivos para assistir A Divisão no Globoplay

Nova temporada da série foi lançada no streaming

Cinco motivos para assistir A Divisão no Globoplay
Série A Divisão está de volta no Globoplay - Foto: Divulgação

Publicado em 13/09/2020 às 13:27:46

Por: Daniel César

O Globoplay liberou na última sexta-feira (11) a segunda temporada de A Divisão, série feita em parceria com o grupo AfroReggae, e parte dos espectadores já entrou em polvorosa por ter algo inédito para assistir no período de pandemia. A série foi gravada antes da pausa devido ao coronavírus e continua a história lançada no ano passado.

Na primeira leva de episódios, A Divisão chamou a atenção de crítica e público e foi considerada uma das melhores produções originais do Globoplay. Protagonizada por Silvio Guindane e Marcos Palmeira, a série contou com cinco episódios e deu o que falar por mostrar a corrupção dentro da polícia e como policiais atuam em onda de sequestros no Rio de Janeiro.

Veja cinco motivos para assistir A Divisão

Elenco

Se Silvio Guindane e Marcos Palmeira já são motivos suficientes para atrair a atenção do público para assistir A Divisão, a série vai muito além com outros nomes que estão ganhando cada vez mais espaço da mídia nos últimos tempos. É o caso de Erom Cordeiro e Natália Lage, ambos confirmados na segunda temporada da história.

Também fazem parte do elenco Dalton Vigh e Vanessa Gerbelli, muitos conhecidos do público por conta das novelas, mas que não fazem parte do elenco da Globo no momento. Ele está confirmado na segunda temporada de As Aventuras de Poliana, enquanto ela fez história atuando em novelas da Record.

História

A história de A Divisão não é convencional, do ponto de vista da dramaturgia nacional. Uma divisão antisequestro que precisa enfrentar bandidos dentro da própria polícia lembra muito mais filmes nacionais que propriamente as telenovelas. Com muito tiroteio e enfrentamento, além de um vilão corrupto de fazer inveja, a trama lembra filmes como Tropa de Elite.

A série mantém o público com adrenalina alta constantemente e com resquícios da história entregue nas cenas, mas sem grandes viradas, comum em telenovelas, mas que não costuma acontecer muito em séries. Com criação de José Júnior e direção de Vicente Amorim e Rodrigo Montes, a narrativa é sempre vista em tons escuros e cenas curtas e recortadas.

Episódios

Quem não tem muito tempo num momento em que há muitas séries, novelas e filmes para se acompanhar de casa por causa da pandemia, A Divisão é ótima pedida porque dá para fazer maratona até em um único final de semana. A primeira temporada contou com apenas 5 episódios e pouco mais de 40 minutos, o que atrai ainda mais espectador para acompanhar o desfecho da história.

A segunda temporada voltou com o mesmo número de episódios e que foram ainda mais curtos. O quinto, por exemplo, fecha o ano com apenas 39 minutos, o que é bastante incomum em formatos feitos para a TV e que costumam ter entre 45 e 50 minutos. Ou seja, também é possível acompanhar todo o desenrolar da trajetória da série de uma tacada só.

Inédita

Em tempos de pandemia, o público brasileiro ficou carente de produções inéditas. Atualmente estamos vivendo uma overdose de reprises nacionais. A Globo, principal produtora de dramaturgia do país, está atualmente com reprises em todos os seus horários, desde meados de março quando interrompeu as gravações por causa do coronavírus. Outras emissoras seguiram o mesmo caminho.

Neste período, o Globoplay também começou a lançar novelas icônicas em seu catálogo, além da renovação das tramas do Viva. E embora Globo e Record já tenham voltado a gravar, ainda não houve o retorno de produções inéditas brasileiras. No período de pandemia, a Netflix lançou duas séries brasileiras no período de quarentena, a segunda temporada de Coisa Mais Linda e a inédita Boca a Boca.

Streaming

A facilidade da internet em tempos de quarentena garante ao público um jeito diferente de se acompanhar dramaturgia e que ainda está em fase de ser construída no país. Se o brasileiro foi educado a acompanhar seus programas prediletos religiosamente no horário fixo de programação das emissoras, A Divisão já mostra um modelo novo e que vem ganhando novos adeptos.

Com A Divisão, o espectador pode escolher a hora de assistir aos episódios sem ser obrigado a esperar o horário certo para ir ao ar na TV. Quem gosta de maratonar, poderá acompanhar de uma só vez, também é possível assistir um episódio por semana ou até mesmo experimentar e depois abandonar, além da chance de escolher o horário em que se quer assistir.


Siga o NaTelinha nas redes sociais

Reportar erro

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!