Michelle Tanner

Fuller House termina com piada sobre gêmeas Olsen após recusa

Continuação de Três é Demais não contou com as gêmeas Olsen revivendo Michelle

Fuller House termina com piada sobre gêmeas Olsen após recusa
Cena da série Fuller House - Reprodução/Netflix

Publicado em 09/06/2020 às 10:30:38

Por: Redação NT

A quinta temporada de Fuller House, na Netflix, terminou com uma última piada sobre as gêmeas Olsen depois que elas se recusaram a voltar para a continuação da série, que fez sucesso entre as décadas de 80 e 90. No Brasil, teve o nome de Três é Demais.

Muitos fãs e até o próprio elenco esperava que Ashley e Mary-Kate Olsen aceitassem uma participação como Michelle Tanner. O que acabou não ocorrendo, embora os convites tenham sido feitos anualmente.

Em uma cena do penúltimo episódio, Kimmy, DJ e Stephanie estão vasculhando as coisas no sótão e encontram uma bicicleta velha de Michelle. "Quanto você vai ficar com a bicicleta de Michelle?", pergunta Kimmy à DJ e Stephanie.

Ela ainda acrescenta, ironizando: "Ela não veio atrás até agora... Não é agora que vai vir".

Andrea Barber, que interpreta Kimmy, explicou ao TV Line: "Michelle recebe uma menção todas as temporadas, então tivemos que fazer isso pela última vez. Não é pra ser ruim ou fazer chacota. É tudo de bom humor, muito humor. A gente zomba de todo mundo".

Gêmeas Olsen abandonaram a carreira

Desde o início da continuação de Três é Demais pela Netflix, em 2016, as gêmeas Olsen deixaram claro que não tinha interesse em reviver a personagem. O criador da série, Jeff Franklin, deixaram as portas abertas caso elas mudassem de ideia.

Depois do terceiro ano, contudo, Franklin foi taxativo: "Elas claramente parecem não estar interessadas em vir".

Elas tinham somente um ano de idade quando foram escaladas para compartilhar o papel de Michelle em 1987. Oito temporadas depois, as irmãs estavam entre as celebridades mais famosas dos Estados Unidos.

Com a fama, planejaram abandonar a atuação para se dedicar a outros negócios. Em 2007, a Forbes classificou Mary-Kate e Ashley como as 11 mulheres mais ricas do país, com um patrimônio líquido estimado em US$ 100 milhões.

O último filme que fizeram juntas foi No Pique de Nova Iorque, em 2004.


Siga o NaTelinha nas redes sociais

Reportar erro

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!