Sucesso

De Fleabag a The Office: Cinco séries do streaming para rir e esquecer da pandemia

Séries estão disponíveis no streaming para todos que estão em quarentena assistirem

De Fleabag a The Office: Cinco séries do streaming para rir e esquecer da pandemia
Cinco séries de humor para assistir na quarentena - Foto: Montagem

Publicado em 23/03/2020 às 21:40:28

Por: Daniel César

Em tempos de quarentena, muita gente tem recorrido ao streaming para conseguir se distrair nas horas em que todos são obrigados a ficar em casa. Com tanta notícia pesada no jornalismo, as séries de humor são sempre uma opção para desanuviar a mente, mas é possível escolher produções engraçadas e inteligentes ao mesmo tempo, como a vencedora do Emmy, Fleabag.

Além dela, existem muitas séries de humor que mexem com a cabeça dos espectadores de plataforma de conteúdo. Seja na Netflix, ou mesmo em outras empresas, como Prime Vídeo, da Amazon, ou da HBO e até no Globoplay há opções deste tipo.

Confira cinco sugestões:

Fleabag - Amazon

Vencedora do Emmy e do Globo de Ouro por sua segunda temporada, a série é a nova queridinha dos fãs de comédia no mundo. A história acompanha a vida de Fleabag (Phoebe Walter-Bridge), uma britânica solitária, que perdeu a melhor amiga após uma tragédia e tenta recuperar a vida.

Na segunda temporada, a protagonista aumenta sua convivência com a família, mas no meio da tentativa de se recolocar na vida social, acaba se apaixonando pelo único homem que não deveria, o Padre (Andrew Scott). Com cenas absurdas e a famosa quebra da quarta parede, em que a protagonista conversa com o público, a série é exaltada por seu sarcasmo e zombaria.

Sex Education - Netflix

Com duas temporadas, a produção britânica do Reino Unido ganhou o coração de fãs adolescentes do mundo inteiro e no Brasil chegou a ser comparada a Malhação. Muito mais forte, a produção acompanha a vida de Otis (Asa Butterfield), um adolescente típico britânico, virgem e que vai usar seu conhecimento – teórico – em sexo para ganhar dinheiro.

Por ser filho de uma terapeuta sexual, Otis irá criar uma espécie de empresa juntamente com Maeve (Emma Mackey), uma colega do colégio, para atender outros adolescentes e dar conselhos sexuais de todos os tipos. Com muito humor e boa dose de drama e romance, a série tem sido elogiada por tratar temas sensíveis vividos por adolescentes.

Atlanta – FOX Premium

Ela venceu o Emmy em sua primeira temporada e não conseguiu manter a atenção do público na segunda. Mesmo assim, a produção da FX, que está disponível na Fox Premium no Brasil, é elogiada por crítica e público devido à sua coragem de tratar temas espinhosos, como racismo e preconceito social, sempre com olhos de humor absurdo e quase non-sense, mas muito inteligente.

A produção acompanha Earn (Donald Glover), um jovem negro da periferia americana, que tenta ganhar dinheiro ao agenciar seu primo cantor. O sucesso dos dois acontece quando uma música do primo vira hit, mas o mundo do crime parece sempre tentar prejudicá-los.

The Marvelous Mrs Maisel – Amazon

A Prime Video foi a primeira a vencer um Emmy nas principais categorias justamente por Mrs Maisel. Da mesma criadora de Gilmore Girls, a série mistura musical com momentos hilários e muito drama. A história acompanha a vida de Midge (Rachel Brosnahan), uma dona de casa, mãe de família, que larga tudo nos anos 50, para virar humorista de stand up.

A produção venceu Emmy e Globo de Ouro na primeira temporada e já conta com duas temporadas disponíveis para assinantes da Prime Video, sendo uma das produções mais inteligentes da atualidade, segundo os críticos, ela reúne prêmios entre roteiro, direção e elenco.

The Office – Globoplay

Mais antigas das produções da lista, The Office estreou em 2005 e ficou no ar nos EUA por nove temporadas. A série está disponível no Globoplay e foi considerada uma das sitcoms mais importantes de todos os tempos, além de revelar Steve Carrel como um dos grandes nomes do humor.

A história acompanha vida de funcionários de um escritório na Pensilvânia e é filmada com uma única câmera porque ela é uma das primeiras a simular um documentário, algo que acabou eternizado por Modern Family. São 201 episódios disponíveis, o que dá uma maratona e tanto.


Siga o NaTelinha nas redes sociais

Reportar erro

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!