Acontece em setembro

Com séries em baixa, Fox pode deixar Emmy sem apresentador

Evento não fica sem um anfitrião desde 2003

Com séries em baixa, Fox pode deixar Emmy sem apresentador
Tina Fey e Ami Poehler fizeram sucesso quando apresentaram o Emmy. Evento pode ficar sem anfitrião em 2019. Foto: Divulgação

Naian Lucas
i

Naian Lucas

Naian Lucas escreve há 10 anos e já fez de tudo um pouco nas redações. Apaixonado por televisão, é roteirista e trabalha na área desde 2014. Atualmente, é repórter do NaTelinha e aficcionado por tudo que envolve dramaturgia. Siga-me no Twitter: @naiaan

Publicado em 14/06/2019 às 14:35:57 Atualizado em 14/06/2019 às 16:33:12

A crise de audiência e de séries com prestígio do grande público pode resultar na decisão da Fox em deixar o Emmy sem um apresentador na atual temporada, algo que não ocorre desde 2003, quando o evento foi transmitido justamente pelo canal, copiando, assim, o Oscar. A informação é da Variety.

O Emmy acontece tradicionalmente num sistema de rodízio entre as emissoras de TV aberta americana. O maior prêmio da televisão dos Estados Unidos costuma ter um apresentador que, via de regra, é um humorista. Em 2018, a NBC escolheu uma dupla do longevo humorístico "Saturday Night Live" para comandar a atração: Colin Jost e Michael Che.

Mesmo a Fox utilizou humoristas de seus principais produtos para comandar a atração. Em 2015, por exemplo, coube a Andy Samberg, protagonista de "Brooklyn Nine Nine", o papel de ser o anfitrião da premiação. Acontece que a série migrou para a NBC.

Vale lembrar que a 21st Century Fox foi vendida para a Disney em todo o mundo, porém, o canal de TV americano acabou mantido pelo magnata Rupert Murdoch. Logo, o negócio bilionário não teria relação com a decisão de agora.

Não é apenas a falta de uma série de humor de grande sucesso que impede a Fox de escolher o apresentador para a próxima edição do Emmy. Especialistas apontam que a emissora vive uma crise de identidade com suas produções e não há vislumbre de alguém que seja unanimidade para representar o canal neste desafio.

"Empire", que foi o carro-chefe da rede por muitos anos, vive em baixa após o escândalo que envolveu um dos protagonistas que teria forjado um ataque racista e, por conta disso, acabou demitido e não fará a última temporada da atração.

Segundo o site que cobre a TV americana, a explicação para o evento sem um anfitrião também passa pelo Oscar. É que o prêmio de cinema não contou com nenhum apresentador neste ano e preferiu abrir espaço para os filmes nomeados.

Existe a possibilidade de, por conta da era de diamante da TV estadunidense, o canal opte por dar maior espaço para as grandes produções da atualidade, até porque muitas delas se despediram este ano. É o caso de "Game of Thrones" e "Veep", duas das maiores vencedoras nas categorias drama e comédia na década. 

O Emmy 2019 acontece no dia 22 de setembro, voltando a um domingo. A decisão se terá ou não um anfitrião deve sair antes, no dia 16 de julho, quando será divulgada a lista de indicados ao prêmio.


publicidade

TAGS:

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!