Mudanças

Malu Mader quase foi a vilã de Celebridade; novela é resgatada no Globoplay

Atriz trocou de papel, e malvada acabou defendida por Cláudia Abreu; na sinopse original, as rivais Laura e Maria Clara seriam irmãs


Cláudia Abreu e Malu Mader como as antagonistas Laura e Maria Clara na novela Celebridade, de volta no Globoplay
Amigas na vida real, Cláudia Abreu e Malu Mader viveram arquirrivais em Celebridade, exibida entre 2003 e 2004 - Foto: Reprodução/Globo

Malu Mader quase interpretou a vilã Laura em Celebridade, novela exibida originalmente entre 2003 e 2004 e resgatada nesta semana, na íntegra, pelo Globoplay A atriz trocou de papel e acabou dando vida à mocinha da história, Maria Clara. Quem interpretou a malvada foi Cláudia Abreu, que teve um dos papéis de maior sucesso de sua carreira na novela de Gilberto Braga (1945-2021).

O legado do novelista, que morreu no ano passado, foi lembrado na série documental Meu Nome é Novela, do Globoplay. Em entrevista, Malu Mader revelou que o autor a convidou inicialmente para dar vida à antagonista Laura. “Ele chegou a me perguntar se eu queria fazer a vilã, e eu não me lembro por que chegamos à conclusão que seria melhor mesmo eu fazer a Maria Clara”, contou.

Amiga e parceira de trabalho de Gilberto desde os anos 1980, quando fizeram juntos a minissérie Anos Dourados (1986), Malu Mader ainda sugeriu o nome da personagem Maria Clara Diniz, uma homenagem à dramaturga Maria Clara Machado (1921-2001) e à atriz Leila Diniz (1945-1972).

Laura acabou sendo defendida por Claudia Abreu, outra amiga íntima do autor. Ao mesmo documentário, a atriz foi só elogios: “A novela discutiu o assunto do momento, os minutos de fama, a fama a qualquer preço, as trapaças para pegar o lugar de quem tem sucesso. O Gilberto fez isso com maestria”.

Outra curiosidade sobre a trama foi revelada pelo co-autor Ricardo Linhares. “Originalmente, as duas personagens [Laura e Maria Clara] eram irmãs. Como isso vazou na imprensa, o Gilberto resolveu mudar”, contou o novelista. Em meados da história, descobre-se que a fama alcançada pela protagonista, famosa por ter inspirado uma música de sucesso no passado, era devida à mãe da vilã, verdadeira musa da canção.

Celebridade era a novela preferida de Gilberto Braga, segundo viúvo

Malu Mader quase foi a vilã de Celebridade; novela é resgatada no Globoplay

Celebridade era a novela preferida do escritor Gilberto Braga entre todas de sua autoria. Foi o que revelou o viúvo do novelista, o arquiteto Edgar Moura Brasil, em entrevista após a morte do marido, em outubro do ano passado. A trama reunia na equipe amigos de longa data do autor, como o diretor Dennis Carvalho, e tinha referências a uma de suas maiores paixões: o cinema.

Autor de grandes sucessos como Dancin’ Days (1978) e Vale Tudo (1988), Gilberto Braga era um crítico ferrenho do próprio trabalho. “Ele sempre achava que a novela dele era uma porcaria, e não entendia porque as pessoas estavam vendo. Ele era muito crítico. Outro dia, falou que a sua novela favorita era Celebridade”, revelou Edgar Moura Brasil em depoimento ao Fantástico.

A história é centrada na rivalidade entre a protagonista Maria Clara Diniz e a vilã Laura, vividas por Malu Mader e Claudia Abreu, respectivamente. O ponto de partida, o de uma arrivista que tenta roubar o lugar de uma mulher famosa e invejada, foi baseado no clássico A Malvada (1950), de Joseph L. Mankiewicz. O novelista era cinéfilo e tinha o italiano Rocco e Seus Irmãos (1960), de Luchino Visconti, como o filme de sua vida.

A novela foi sucesso em sua exibição original, entre 2003 e 2004, e chegou a picos de 64 pontos no Ibope no último capítulo. Na ocasião, foi revelada a identidade do assassino do empresário Lineu Vasconcelos (Hugo Carvana), um mistério que mobilizou a audiência. Em quase 20 anos, a trama teve uma reprise na TV, entre 2017 e 2018, sem grande repercussão.


Acompanhe a TV NaTelinha no YouTube

Resumos de novelas, entrevistas exclusivas, bastidores da televisão, famosos, opiniões, lives e muito mais!

Inscreva-se
Mais Notícias