Todas as Flores

Novela do Globoplay abandona ousadia e cria Cinderela moderna

A trama de João Emanuel Carneiro é o primeiro folhetim original da plataforma da Globo


Sophie Charlotte de cabelo preso, vestindo blusa preta e blazer bege, posando com expressão séria
Sophie Charlotte será a protagonista de Todas as Flores - Reprodução/Instagram
Por Jéssica Alexandrino

Publicado em 19/06/2022 às 17:08:00,
atualizado em 19/06/2022 às 17:08:45

Todas as Flores, primeira novela original do Globoplay, escrita por João Emanuel Carneiro, já está sendo produzida e promete fazer muita gente chorar com a história de Maíra. Com nomes de peso no elenco, como Sophie Charlotte, Regina Casé, Letícia Colin, Fábio AssunçãoCaio Castro e Ana Beatriz Nogueira, o folhetim é um conto de fadas moderno, um thriller contemporâneo regado por histórias de amor, vingança e redenção.

A trama foca na história de Maíra (Sophie Charlotte), que foi criada pelo pai em Pirenópolis, interior de Goiás, acreditando que a mãe tivesse morrido. Uma mentira que seu pai contou para proteger a filha do desprezo da mãe, que a rejeitou quando soube que a filha nasceu com uma deficiência. Muitos anos depois, Maíra se depara com uma desconhecida a sua porta e descobre que é Zoé (Regina Casé), sua mãe. Sem revelar sua verdadeira intenção, a cara de pau reaparece pedindo perdão à filha por tê-la abandonado.

Como em um sonho que se transforma em pesadelo, Maíra vivencia as mais fortes emoções de sua vida. No mesmo dia em que descobre que sua mãe está viva, seu pai morre. Sem desconfiar de nada, Maíra embarca para o Rio de Janeiro, onde será usada pela mãe para garantir a sobrevivência de sua irmã caçula, Vanessa (Letícia Colin). E o que seria um recomeço feliz ao lado da sua família se transforma em uma longa e perigosa jornada para a Cinderela da novela do Globoplay.

No novo projeto, João Emanuel Carneiro volta a investir em um enredo com personagens dúbios, ganchos enigmáticos, luta de classes, injustiça social, entre outros temas inéditos em suas obras, como deficiência visual, tráfico humano e trabalho análogo à escravidão. 

Novela do Globoplay terá a deficiência visual como uma de suas principais temáticas

Novela do Globoplay abandona ousadia e cria Cinderela moderna
Workshop de Todas as Flores, com depoimentos de Guilherme Bara, Marcelo Edward, Nathália Santos e Moíra Braga - Estevam Avellar/TV Globo

Autor de sucessos como Avenida Brasil (2012), João Emanuel Carneiro trará novas perspectivas sobre a deficiência visual para dentro e fora das telas com Todas as Flores. Na trama, há personagens como a protagonista Maíra e seus amigos Gabriela e Márcio, com deficiências visuais, que terão suas diferentes histórias reveladas ao público.

Já nos bastidores, profissionais cegos ou com baixa visão, como a bailarina e preparadora Moira Braga, a psicóloga e educadora Camila Alves, a assistente de direção Nathália Santos e o operador de áudio Marcelo Edward enriquecem o trabalho com suas expertises profissionais e bagagens pessoais.

 

Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do Telegram.

Participe do grupo
Mais Notícias