Exclusivo

Malu Galli não imaginava fazer sucesso com público jovem de Além da Ilusão: "Abençoada"

A atriz comemora o bom retorno vindo de sua personagem na novela das seis


Malu Galli de roupa preta e batom vermelho, posando com os cabelos presos
Malu Galli posando com estilo bem diferente do que ostenta como a Violeta de Além da Ilusão - Divulgação/TV Globo
Por Jéssica Alexandrino

Publicado em 09/06/2022 às 05:05:00,
atualizado em 09/06/2022 às 09:02:58

Aos 50 anos, Malu Galli vive sua primeira protagonista na televisão, na primeira novela de época de sua carreira. Em entrevista ao NaTelinha, a atriz diz que soube que Violeta, de Além da Ilusão, era uma grande personagem assim que leu as primeiras cenas, mas não imaginava que pudesse repercutir tanto entre o público jovem, como vem acontecendo.

O encontro de Violeta e Eugênio (Marcello Novaes) trouxe uma dose de felicidade extra para a mãe de Isadora (Larissa Manoela) que, como a própria empresária disse em uma sequência, "chegava a dar medo". O romance ultrapassou a tela da TV e arrebatou o coração dos telespectadores, que colocam o casal entre os assuntos mais comentados da trama de Alessandra Poggi. "Acho maravilhosa a repercussão de Euleta. É uma história muito bem construída desde o primeiro capítulo, com pitadas de humor, drama, romance… Com tanto tempero, tinha que ficar bom", vibra Malu, já afeiçoada ao nome dado pelos "shippers".

Convidada pela reportagem para responder perguntas do público, a veterana fala sobre os momentos mais emblemáticos de Além da Ilusão, sua relação com os colegas de elenco, como se deu a construção da personagem e a forma como encara a torcida pelo par romântico estrelado por ela e Marcello Novaes. Além dos desdobramentos do folhetim da Globo, Malu Galli dá detalhes sobre seus projetos como escritora e diretora, facetas que ela pretende explorar mais daqui por diante.

Confira as respostas de Malu Galli para as perguntas dos telespectadores de Além da Ilusão:

Malu, a Violeta atraiu uma base de fãs apaixonadas. Você esperava que a Violeta fizesse todo esse sucesso? Como você se sente recebendo tanto carinho nas redes sociais? - Anita, São Paulo/SP

Malu Galli - Vi que a Violeta era uma grande personagem assim que li suas primeiras cenas. Mas não imaginava que pudesse virar uma influenciadora de jovens mulheres como eu vejo que virou. Me sinto abençoada e muito agradecida por receber tanto carinho! É muito gratificante.

 Como você está encarando a repercussão de um casal maduro, como "Euleta"? O casal está sendo muito shippado na web e ganhou a torcida do público. Já tinha acontecido isso antes com algum par romântico seu? - Elza, São Luís/MA

Malu Galli - Acho maravilhosa a repercussão de EULETA. É uma história muito bem construída desde o primeiro capítulo, com pitadas de humor, drama, romance… Com tanto tempero, tinha que ficar bom! Mas o que eu mais acho legal é o fato de um casal maduro como somos gerar tanto furor no público jovem. Isto mostra que as histórias de personagens mais velhos interessam a qualquer tipo de público, não somente aos seus iguais.

Violeta já teve muitos momentos emblemáticos até aqui, inclusive com o Eugênio. Qual cena dos dois te marcou mais? - Kau, Rio de Janeiro/RJ

Malu Galli - Gosto muito da cena em que se conhecem, logo no primeiro capítulo. Gosto da sequência em que dormem no carro, no meio da estrada, a primeira noite de amor… São muitas!

Malu Galli não imaginava fazer sucesso com público jovem de Além da Ilusão: \"Abençoada\"
Eugênio (Marcello Novaes) e Violeta (Malu Galli) aos beijos em Além da Ilusão - Reprodução/TV Globo

A morte da Elisa foi um dos trechos mais trágicos da vida da Violeta. Como foi pra você retratar o luto de uma mãe que perde a filha de forma tão repentina? - Maiara, Salvador/BA

Malu Galli - Muito trágico. Uma dor sem fim. Procurei mergulhar o máximo possível no que seria esta dor sem tamanho. Fiz o meu melhor.

Como está sendo sua parceria com a Larissa Manoela? - Nayra, Louveira/SP

Malu Galli - Linda. Tenho muita admiração e carinho por ela. Uma profissional de primeira e uma parceira muito amorosa.

Você comentou em uma entrevista anterior que o imprevisto e a improvisação são elementos necessários que alimentam o teatro e que você gosta disso. Em uma novela como Além da Ilusão, sei que o texto deve ser seguido à risca, mas existe alguma situação em que você tenha improvisado? - Sami, São Paulo/SP

Malu Galli - Não. Nesta novela seguimos o texto à risca e é tudo bem ensaiado antes de gravar.

A Violeta é uma personagem bem profunda e muito bem construída, cheia de detalhes que deixam a narrativa ainda melhor. Existe alguma mania ou traço de personalidade que você tenha criado para facilitar o processo de interpretação ou para se conectar ainda mais com ela? - Isa, Rio Preto/SP

Malu Galli - Acho que a parceria que tenho com a Larissa e a Paloma [Duarte] no camarim, a intimidade que criamos, nossos pequenos rituais ajudam a criar o clima das Camargo.

Malu Galli não imaginava fazer sucesso com público jovem de Além da Ilusão: \"Abençoada\"
Larissa Manoela e Malu Galli na primeira fase de Além da Ilusão - Maurício Fidalgo/TV Globo

Você e o Marcello Novaes já haviam trabalhado juntos. Como foi retomar essa parceria? - Vitória, Corumbaíba/GO

Malu Galli - Foi muito bom! Adoro o Marcello e me sinto muito à vontade com ele em cena. Ele é muito generoso e parceiro.

 O que você vai levar de Além da Ilusão? - Ágatha, Belém/PA

Malu Galli - A lembrança de um momento muito especial de minha trajetória profissional. E mais alguns amigos queridos pra minha vida!

Qual das facetas de "Euleta" é a sua favorita: o humor, o romantismo, a sensualidade ou as brigas? E, pelo que você acompanha, qual acha que o público gosta mais? - Juliana, São Paulo/SP

Malu Galli - Gosto do humor e do romantismo à moda antiga. Um deleite. Acho que o público também.

Malu, queria saber mais sobre seu projeto como autora, mais precisamente sobre a série que fala da Niède Guidon. Como se deu seu interesse por essa região do Brasil, que é o sertão piauiense? Pode falar um pouco sobre o andamento dessa produção? - Babi, Recife/PE

Malu Galli - Fui visitar a Serra da Capivara e voltei arrebatada. Estou em processo de desenvolvimento de roteiro. Eu e minha parceira Maria Augusta Ramos estamos bastante empolgadas.

Você sempre faz mulheres com uma carga dramática muito forte. Queria saber se tem algum assunto que você gostaria de abordar por meio de uma personagem e ainda não pôde. - Talita, Bauru/SP

Malu Galli - Boa pergunta. Não penso muito sobre isso. Porque tem tantas coisas importantes pra serem ditas! Mas tem a forma de falar que conta muito também. Acho que o que me encanta em um projeto é o tema associado à linguagem e às pessoas que estarão nele.

Suas personagens sofrem demais e você é maravilhosa fazendo comédia. Quando poderemos te ver em um papel de humor novamente? - Ana Laura, Campos dos Goytacazes/RJ

Malu Galli - Adoro fazer comédia! Não sei, #ficaadica.

Uma vez você disse que ainda precisava se desenvolver mais no cinema. Tem planos pra essa área? - Lizandra, São Paulo/SP

Malu Galli - Cinema, sempre! Amo! Por hora, este ano haverá o lançamento de Propriedade Privada, de Daniel Bandeira.


Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do Telegram.

Participe do grupo
Mais Notícias