Tristeza

Pantanal: Morte de Madeleine faz público lembrar de Marília Mendonça: "Agonia"

Assim como a rainha da sofrência, a personagem sofreu um acidente aéreo


Montagem de fotos de Karine Teles como Madeleine, de Pantanal, e Marília Mendonça
Morte de Madeleine gerou gatilho no público, que lembrou de Marília Mendonça (1995-2021) - Reprodução/TV Globo e Instagram
Por Jéssica Alexandrino

Publicado em 22/05/2022 às 12:53:17,
atualizado em 22/05/2022 às 12:54:03

Grande parte dos comentários sobre a morte de Madeleine (Karine Teles) em Pantanal, exibida no sábado (21), dizem que as cenas da personagem em desespero dentro do avião fizeram lembrar o acidente aéreo que vitimou Marília Mendonça (1995-2021), em novembro do ano passado. "Nossa, que tristeza esse fim da Madeleine, lembrei da Marília Mendonça, me deu uma agonia", relatou Jean.

Internautas que costumam comentar a novela das nove no Twitter expuseram os mais diversos sentimentos na rede social. "Não dá! A imagem da Marília Mendonça no avião não sai da minha cabeça depois dessa cena do acidente de Madeleine. Impossível não querer acreditar o quão faz falta", escreveu Paulo Monteiro.

"Madeleine morrendo me deixou muito abalado, me fez imaginar a Marília", twittou Igor. "Vocês também lembraram da Marília Mendonça, né, gente? Acidente de avião da Madeleine, tempo chuvoso, queda no rio... Gatilho, viu", comparou Greyciele.

"A cena da Madeleine no avião engatilhou todo mundo sobre a morte da Marília Mendonça… O desespero, ela pensando no filho e no marido. Foda, viu", disse Maria Jocimara. "Que cena fortíssima essa da queda do avião da Madeleine. E ela loira, de franja, de olhos fechados, me lembrou a Marília que tava bem assim quando partiu. :( Bateu a bad", escreveu Marcus Dantas.

Marília Mendonça e outras quatro pessoas que viajavam com ela morreram em 5 de novembro de 2021, quando o avião de pequeno porte no qual eles estavam caiu em uma área perto de uma cachoeira na serra da cidade de Piedade de Caratinga, no interior de Minas Gerais.

Pantanal: Morte de Madeleine faz público lembrar de Marília Mendonça: \"Agonia\"Pantanal: Morte de Madeleine faz público lembrar de Marília Mendonça: \"Agonia\"Pantanal: Morte de Madeleine faz público lembrar de Marília Mendonça: \"Agonia\"Pantanal: Morte de Madeleine faz público lembrar de Marília Mendonça: \"Agonia\"

Com morte de Madeleine, Pantanal perde chance de promover "virada" da personagem

Pantanal: Morte de Madeleine faz público lembrar de Marília Mendonça: \"Agonia\"

O autor Bruno Luperi, que faz a adaptação do texto original escrito por seu avô, Benedito Ruy Barbosa, manteve a trajetória de Madeleine como foi ao ar em 1990: a carioca parte para o Pantanal em busca do filho e morre em um acidente de avião. Só que essa não era a intenção do novelista para a personagem na sinopse da trama; foi, na verdade, a saída para um impasse com a atriz Ítala Nandi, que deu vida ao papel na primeira versão.

De acordo com o site Teledramaturgia e com o livro Novela, a Obra Aberta e Seus Problemas, do jornalista Fábio Costa, Benedito havia reservado uma transformação no perfil de Madeleine: ela sobreviveria à queda do avião no Pantanal e viveria um bom tempo perdida na região após ser salva pelo Velho do Rio (Cláudio Marzo na primeira novela; Osmar Prado agora), o que faria com que ela revisse as prioridades em sua vida.

Contudo, Madeleine acabou morrendo no acidente porque a intérprete, Ítala Nandi, pediu para sair da novela. Ela tinha intenção de se dedicar a um trabalho no cinema, e a morte da personagem foi a saída encontrada pelo autor para solucionar o impasse. Uma das grandes vantagens de um remake é refazer entrechos das produções originais que não deram certo. Mesmo uma novela tão bem-sucedida como foi Pantanal teve seus tropeços, que podem ser “consertados” na adaptação. Ao ignorar a ideia inicial de Benedito para o destino da personagem podendo fazê-lo, Bruno Luperi e equipe parecem optar pelo caminho mais fácil, mas não o mais interessante.

Muito haveria de ser alterado no texto original se Madeleine, que deixa a história na metade, seguisse nela até o fim. Muito também seria o ganho para a trama, já que o arco da personagem, tensionada ao máximo ao ficar perdida no Pantanal, daria bons momentos à novela. Como uma influenciadora digital reagiria após uma situação como essa, de vida ou morte?

Na certa, o plot também faria brilhar intensamente a talentosa Karine Teles, que tem tido pouca sorte para exibir na TV como é boa de serviço. Saindo de cena cedo e sem alcançar nenhum momento de grande destaque na narrativa, não será desta vez que uma novela garantirá à atriz a chance de mostrar, por completo, toda a sua versatilidade, já tantas vezes comprovada no cinema.

Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Participe do grupo
Mais Notícias