Reportar erro
Vale A Pena Ver de Novo

Caio Castro recorda parceria com Jorge Fernando em Ti Ti Ti: "Acreditou em mim"

Ator confessa frio na barriga ao contracenar com veteranos em remake

Caio Castro sorrindo com uma das mãos no rosto
Caio Castro fala sobre reprise de TiTiTi - Reprodução/Instagram
Taty Bruzzi

Publicado em 18/03/2021 às 05:59:00

O remake de Ti Ti Ti (2010) retorna ao Vale a Pena Ver de Novo a partir do próxima dia 29. Escrita por Maria Adelaide Amaral e com direção de Jorge Fernando (1957-2019), o folhetim marcou a estreia de Caio Castro em uma novela das sete. O ator falou ao NaTelinha sobre o convite do saudoso diretor: "Foi a primeira pessoa que acreditou em mim depois de Malhação", afirma.

"Ele foi uma pessoa muito, muito especial para mim. Sempre acreditou nas minhas ideias, me aconselhou em várias decisões, sempre foi um ombro amigo. Sinto falta de tê-lo por perto", abre o coração. "Além de um talento incrível e inspirador, todos os apontamentos que ele fez pra mim como diretor e amigo são válidos e levo até hoje. Devo muito a ele", reconhece o galã.

Caio Castro recorda parceria com Jorge Fernando em Ti Ti Ti: \"Acreditou em mim\"

Rolou um frio na barriga.

Caio Castro relembra primeira cena na novela

O ator confessa ter recebido a notícia da reprise com muita alegria. "Fiquei super feliz!", comemora. "Fiz a novela logo após a minha estreia em Malhação e lembro com carinho de muitos detalhes desse trabalho", complementa.

Atuando com veteranos da TV, Caio Castro conta ter ficado um pouco nervoso em cena. "Logo de cara contracenei com grandes nomes, me lembro até hoje do dia que gravei pela primeira vez com Malu Mader e Guilhermina Guinle, rolou um frio na barriga [risos]", se entrega. "Sem contar que a novela foi a segunda versão, já tinha sido exibida na TV. Então, quando falava que faria Ti Ti Ti as pessoas ficavam super empolgadas. Foi um trabalho especial, sem dúvidas", vibra.

A caracterização do ator foi fundamental para aparentar um homem mais velho

O remake de Ti Ti Ti trazia a junção da trama original escrita por Cassiano Gabus Mendes em 1985 com outro sucesso do autor, Plumas & Paetês (1981). Na versão de 2010, Edgard era o filho mais velho de Gustavo (Leopoldo Pacheco) com Bruna (Giulia Gam). Na época, mais jovem que seu personagem, o ator apostou mais na caracterização do que nas referências das produções passadas. "Lembro de ter mudado bastante o visual para incorporar um Edgar mais maduro, na época tinha 21 anos e o personagem tinha 28", fala.

"Então, tive bastante trabalho de imagem e figurino. Procurei não buscar muitas referências das novelas anteriores porque queria construir algo do zero e deu muito certo", opina o ator.

Caio Castro recorda parceria com Jorge Fernando em Ti Ti Ti: \"Acreditou em mim\"

Na trama, Edgard era noivo de Camila (Maria Helena Chira) e mantinha um caso com a parceira de trabalho, Luisa (Guilhermina Guinle). "Edgar é fotógrafo, tem uma agência de modelos junto com a sócia e eles viviam um romance, uma espécie de amizade colorida", relata. Mesmo não sendo apaixonado por nenhuma das duas, o personagem chega a oficializar o relacionamento com a noiva. "Ele acaba se casando com uma mulher que a sócia apresentou", detalha.

A grande virada surge depois que o rapaz conhece Marcela (Isis valverde). Somente com ela que Edgard se dará conta de que sua relação com a vida pode ser mais intensa, apaixonante e responsável. "É aí que começam os conflitos", finaliza o galã.



Mais Notícias