Descubra

As cinco apostas da Record para emplacar Gênesis no Ibope

Produção terá efeitos especiais e musicais

 As cinco apostas da Record para emplacar Gênesis no Ibope
Gênesis é a principal estreia da emissora em janeiro - Foto: Divulgação/Record

Redação NT

Publicado em 14/01 às 05:11:00

A Record estreia Gênesis na próxima terça-feira (19), no lugar de Amor Sem Igual, e será a primeira novela a ser lançada no Brasil durante a pandemia. A emissora usará cinco recursos como apostas para emplacar na audiência, garantir a vice-liderança e, quem sabe, vencer a Globo. A produção terá musicais, efeitos especiais e elenco global.

continua depois da publicidade

Escrita por Emílio Boechat, Camilo Pellegrini, Raphaela Castro e Stephanie Ribeiro, Gênesis irá inaugurar um formato diferente na TV brasileira: a antologia. Tal recurso é muito usado em séries ao redor do mundo, mas em telenovela não foi feito com planejamento. A produção terá diversas histórias como se fossem minisséries, relatando diversos trechos da bíblia.

Confira:

Efeitos especiais

Desde que passou a investir em dramaturgia, a Record tem apostado em produções com efeitos especiais. A trilogia Os Mutantes, Apocalipse, Os Dez Mandamentos e outras produções bíblicas tiveram a necessidade de contar com efeitos especiais para personagens com poderes e restaurar paisagens.

continua depois da publicidade

Por ser uma novela de época, Gênesis também usará efeitos especiais. Importantes acontecimentos da bíblia vão ser mostrados com o auxílio de efeitos, como a queda de Lúcifer, Adão e Eva no Éden, o dilúvio, a arca de Noé, a destruição de Sodoma e Gomorra, entre outras coisas.

Musicais

Uma das apostas de Gênesis será a realização de musicais para contar o enredo da novela. Os números serão inspirados em grandes produções feitas na Broadway. O diretor-geral da trama, Edgar Miranda, relatou para a Record que a ação não vai interromper a narrativa.

continua depois da publicidade

“A ideia é não interromper em momento algum a dramaturgia para acontecer um musical”, explicou. “A gente tem a chance de ter uma conexão com a arte muito profunda”, comentou o ator Igor Rickli, que viverá Lúcifer.

Antologia

No ano passado, o NaTelinha antecipou que Gênesis iria inaugurar nas telenovelas o estilo de antologia, muito conhecido no universo de série. A emissora irá apostar em várias histórias independentes dentro de uma mesma produção. O formato é muito mais parecido com pequenas minisséries e que, vistas juntas, podem formar uma antologia de narrativas do primeiro livro bíblico.

continua depois da publicidade

A primeira fase falará da Criação, a segunda vai ser o Dilúvio, a terceira abordará a Torre de Babel, a quarta fase mostrará o UR dos Caldeus, depois embarcará na história de Abrão, passando por Jacó e concluindo com José do Egito. Com tantas fases, a expectativa é que o público tenha uma novela movimentada do começo ao fim.

Elenco global

A novela terá atores que já trabalharam na Globo. Fernando Roncato, Caio Manhente, Jayme Periard, Oscar Magrini, Iran Malfitano, Leonardo Medeiros e Juliano Laham são alguns nomes que tiveram destaques em produções globais e agora fazem parte do elenco de Gênesis.

continua depois da publicidade

Igor Rickli, que está no ar como o vilão Alberto, de Flor do Caribe (2013), também terá papel de destaque no folhetim. “Estou com essa incumbência de atravessar a novela. Uma jornada quase solitária, porque vou fazer do começo ao fim”, declarou o ator para a Record.

Fator Os Dez Mandamentos

Os Dez Mandamentos (2015-2016) fez muito sucesso e chegou a vencer a novela das 21h da Globo, A Regra do Jogo (2015-2016), quando exibiu o capítulo da abertura do Mar Vermelho. Com uma história folhetinesca e com efeitos especiais de cinema, a produção chamou a atenção do público e liderou.

continua depois da publicidade

A intenção da Record é que isso ocorra agora. Única novela inédita da TV brasileira, Gênesis também usará histórias folhetinescas e que são bem conhecidas pelo público, como a trama de José do Egito.

Mais Notícias