Exclusivo

Com "Gênesis", Record irá inaugurar a "antologia" em telenovelas

Novela bíblica da Record promete inovação; entenda

 Com "Gênesis", Record irá inaugurar a "antologia" em telenovelas
Livro de Gênesis, onde tudo começou, será contado em próxima novela da Record - Foto/ilustração

Daniel César

Publicado em 12/04/2019 às 06:00:03

A Record deve iniciar a produção de sua próxima novela bíblica ainda neste primeiro semestre. Prevista para ir ao ar entre os meses de agosto e setembro, “Gênesis” deve inaugurar um novo formato de telenovelas no Brasil: a antologia.

continua depois da publicidade

É que, diferente de todas as novelas brasileiras, com “Gênesis” a emissora irá apostar em várias histórias independentes dentro de uma mesma produção. O formato é muito mais parecido com pequenas minisséries e que, vistas juntas, podem formar uma antologia de narrativas do primeiro livro bíblico.

Segundo apurou o NaTelinha, a produção deverá contar três histórias distintas, cada uma com um número diferente de capítulos. Adão e Eva, o Dilúvio e a história de Abraão serão os motes de “Gênesis”.

continua depois da publicidade

A primeira fase da obra será destinada a exibir a história de Adão e Eva. Iniciando no Jardim do Éden, a narrativa pretende mostrar a queda do homem pelo pecado e os primeiros passos da humanidade na Terra. É provável que o enredo vá até a morte de Abel, assassinado por Caim, seu irmão.

Em seguida, haverá um salto temporal e o público acompanhará a vida de Noé, o herói que construiu a Arca para salvar a humanidade e os animais do dilúvio. Neste trecho, “Gênesis” deverá focar na relação familiar de Noé e em sua missão de construir a Arca.

continua depois da publicidade

Por fim, o enredo seguirá Abraão. A reportagem apurou que esta terceira fase deverá ser a mais longa. É que a vida de Abraão possui muito mais detalhes na Bíblia e, portanto, permite outros entrechos e até alguns núcleos paralelos. Vale lembrar que, segundo a Bíblia, Abraão é o “pai” do povo judeu.

Mesmo com três histórias distintas, a Record optou por contar todas dentro de uma mesma novela. A estratégia lembra as antologias de séries americanas que têm feito sucesso. Obras como “American Horror Story”, “Fargo” e “American Crime Story” mantém o mesmo nome, mas a cada temporada contam uma história diferente com personagens independentes.

continua depois da publicidade

Em telenovela, contudo, essa estratégia é inédita. Embora lembre um pouco o que faz “Malhação”, a novelinha teen da Globo é vista muito mais como série. “Chiquititas”, em sua primeira versão, tentou algo semelhante, mas sempre separando por temporadas, assim como a produção global.

“Gênesis” teve de ser adiada por problemas de produção. Prevista para ir ao ar logo após “Jesus”, a novela deu espaço para a macrossérie “Jezabel”. É que o autor escolhido, Gustavo Reiz, se desentendeu com a cúpula da Igreja Universal, que cuida dos projetos de novelas bíblicas, e acabou deixando a produção.

continua depois da publicidade

A Record convocou Emílio Boechat (foto/acima), experiente colaborador e que já assumiu a reta final de “Apocalipse”, após a titular Vivian de Oliveira deixar a emissora também por problemas. O NaTelinha apurou que o novo autor está em processo de finalização da nova sinopse seguindo as diretrizes sugeridas pela direção da casa.

Procurada, a assessoria de imprensa da Record ainda não fala sobre "Gênesis". "Estamos produzindo apenas a novela 'Topíssima' e a macrossérie 'Jezabel'", disse. "Topíssima é a novela inédita que substituirá a reprise de "A Terra Prometida", em maio.

continua depois da publicidade

“Gênesis” está prevista para substituir “Jezabel”, que estreia no dia 23 de abril.

Mais Notícias