Levantamento

Com pandemia e reprises, novelas da Globo mantêm Ibope em 2020; só faixa das 19h cresceu

Horário das 18h e das 21h viu público encolher

 Com pandemia e reprises, novelas da Globo mantêm Ibope em 2020; só faixa das 19h cresceu
Reprises ajudaram Globo a recuar no Ibope anual das novelas - Foto: Montagem

Daniel César

Publicado em 05/01 às 06:59:50

A pandemia do coronavírus obrigou a Globo a ter uma dinâmica que nunca havia acontecido em toda a história da emissora, ao colocar reprises em todos os horários de suas novelas. Num ano atípico como 2020, das três principais faixas de produções inéditas, a emissora carioca viu duas oscilarem levemente para baixo na audiência, às 18h e 21h, e apenas o das 19h crescer, capitaneado pelo sucesso da reexibição de Totalmente Demais (2015).

continua depois da publicidade

Desde o fim de março, quando saiu o anúncio de que os Estúdios Globo iriam fechar durante o período de quarentena e todas as novelas inéditas estavam suspensas, a Globo já está em sua segunda leva de reprises nos três principais horários, tendo inaugurado a faixa com Novo Mundo (2017), às 18h, Totalmente Demais, às 19h e Fina Estampa (2011), às 21h.

O sucesso da escolha de Totalmente Demais chamou a atenção porque a trama escrita por Rosane Svartman e Paulo Halm conseguiu o feito de terminar com a média geral superior na reprise aos dados da produção original. E o bom desempenho ajudou a Globo a crescer na média de 2020 na faixa na comparação com o ano anterior. Levantamento realizado pelo NaTelinha mostrou que, no ano passado, o horário teve 314 capítulos exibidos e a média do ano foi de 28,2 pontos, um crescimento de 4,8% na comparação com os dados de 2019.

continua depois da publicidade

2020 começou com a Globo exibindo a reta final de outro sucesso, Bom Sucesso, que chegou ao final na penúltima semana de janeiro. Logo depois, o horário continuou em alta com os primeiros episódios de Salve-se Quem Puder, que foi interrompida por causa do coronavírus. Para tapar buraco, a emissora carioca anunciou Totalmente Demais, que alcançou índices raramente conquistados na faixa, se tornando o segundo melhor Ibope da década, atrás apenas de Cheias de Charme. No momento, o canal leva ao ar a reprise de Haja Coração, que não vem obtendo o mesmo desempenho e derrubou parte da audiência conquistada no ano passado.

continua depois da publicidade

Globo oscila às 18h

Mas o bom desempenho às 19h não ocorreu às 18h, que ficou praticamente estática na comparação com o ano anterior. A Globo exibiu na primeira faixa nobre Éramos Seis até o fim, sendo encerrada justamente na semana da quarentena e que manteve os números razoáveis. Mas a escolha de Novo Mundo como a primeira reprise não atendeu as expectativas, assim como Flor do Caribe, deixando a média anual com 20,1 pontos em 314 capítulos exibidos ao longo de 2020.

continua depois da publicidade

Os números são próximos, e mostram estabilidade com 2019, que fechou com 20,4, um recuo discreto de 1,5% de um ano para o outro. No ano retrasado, o horário das 18h foi ocupado por metade dos capítulos de Espelho da Vida, além da vencedora do Emmy Internacional, Órfãos da Terra e dos primeiros meses de Éramos Seis.

Globo se mantém às 21h

A promessa de inovar no horário das 21h com Amor de Mãe acabou se cumprindo de uma forma bastante inusitada, já que o folhetim de Manuela Dias permanecerá no ar por três anos por causa da interrupção. Estreando no final de 2019, a novela pausou em março de 2020, sendo substituída pelo sucesso da reprise de Fina Estampa, mas a volta de A Força do Querer (2017), não conseguiu segurar a onda e recuou muito no desempenho, o que levou o ano a terminar com média de 31,7 pontos com 316 capítulos exibidos.

continua depois da publicidade

Se Amor de Mãe teve dificuldades em seu início, fechando o ano de 2019 em queda, A Dona do Pedaço puxou a audiência da Globo para cima naquele ano, que ainda teve o fracasso de O Sétimo Guardião, mas que não foi suficiente para fazer 2020 obter desempenho melhor. No ano retrasado, o canal levou ao ar 313 capítulos na faixa das 21h com média de 32,6 pontos, uma oscilação negativa de 2,8% no ano passado.

continua depois da publicidade

Mais Notícias