Ameaçado

Flor do Caribe: Dionísio perde objeto importante e dá piti com Alberto

Vilão faz ameaças caso o neto não encontre medalha que ganhou de nazistas

 Flor do Caribe: Dionísio perde objeto importante e dá piti com Alberto
Dionísio surta com sumiço de medalha em Flor do Caribe - Reprodução/TV Globo

Taty Bruzzi

Publicado em 15/10/2020 às 08:14:00

Nos próximos capítulos de Flor do Caribe, Dionísio (Sérgio Mamberti) surta ao descobrir que a medalha que ganhou dos nazistas durante a Segunda Guerra Mundial (1929-1945) sumiu. A última vez que viu o objeto foi no casamento do neto. Quando se dá conta de que nem Alberto (Igor Rickli) sabe onde está a seu objeto de estimação, o idoso exige que o empresário encontre-a antes que caia em mãos erradas e provoque uma avalanche em sua vida.

continua depois da publicidade

O milionário se orgulha de ter sido condecorado pelo alto comando do Terceiro Reich (Alemanha Nazista) e todos os anos homenageia a chegada dos nazistas ao poder com a joia no peito.

Para sua decepção, o bisavô de Samuca (Vitor Figueiredo) procura pelo objeto em seu cofre e descobre que desapareceu. Nervoso, ele chama o neto e exige que ele lhe diga onde a medalha foi parar.

O marido de Ester (Grazi Massafera) se recorda de ter visto a joia pela última vez no dia de seu casamento, há três anos, quando impediu o avô de exibi-la na cerimônia.

continua depois da publicidade

O empresário explica que a colocou no bolso do seu paletó e largou para lá. Dionísio fica possesso com a falta de respeito ao objeto, ressalta a importância da joia e avisa que se ela cair em mãos erradas a família e o futuro da empresa estão comprometidos, convencendo o vilão a encontrá-la imediatamente. Confira!

Em Flor do Caribe, Alberto recebe ameaças de Dionísio por perda de medalha

Na  novela Flor do Caribe, Dionísio descobre que a medalha que ganhou dos nazistas sumiu e joga a culpa em cima de Alberto. Afinal, foi o neto quem ficou de guardá-la no dia do seu casamento com Ester. O carrasco nazista foi condecorado pelo Terceiro Reich na Segunda Guerra Mundial e exibe o objeto com orgulho. Tanto que queria usá-la no matrimônio do empresário com a ex-bugueira, mas foi impedido pelo vilão.

continua depois da publicidade

O rival de Cassiano (Henri Castelli) ficou de guardou a joia e acabou esquecendo no bolso do seu paletó pelos últimos três anos. Samuca foi quem encontrou a medalha e pegou para brincar sem que ninguém notasse. Nessa "dança das cadeiras", o objeto vai parar nas mãos de Samuel (Juca de Oliveira).

Quando dá falta da medalha, Dionísio surta e solta os cachorros no neto já prevendo o perigo caso ela caia em mãos erradas. "A minha medalha. Onde está a minha condecoração? Alberto, onde você está? Eu quero você no meu escritório agora", berra o vilão..

continua depois da publicidade

"Mas que escândalo é esse, seu Dionísio?", questiona o empresário. "A condecoração que eu recebi do alto comando do Terceiro Reich, que eu dei a você para que cuidasse dela, desapareceu. Sumiu. Eu quero a minha medalha de volta", exige, Dionísio.

O marido de Ester pede calma, mas o carrasco nazista continua a se exaltar. "Ela foi roubada, Alberto, roubada. Eu não sei o que sou capaz de fazer se eu descobrir quem roubou a minha medalha", faz ameaças.

continua depois da publicidade

Alberto se lembra que guardou no bolso do paletó que usou em seu casamento. "Você insistiu em aparecer com aquela medalha. Eu tirei da sua mão e coloquei no meu bolso. Então, ela deve estar comigo até hoje", supõe o rapaz.

"Quer dizer que você esqueceu a minha medalha no bolso do seu paletó há três anos assim sem mais nem menos? Como se fosse uma moeda, uma chave, um traste qualquer? Vá buscar a minha medalha agora. É uma ordem", esbraveja, Dionísio.

continua depois da publicidade

Ao contrário do avô, o marido de Ester não dá tanta importância e promete procurar na volta do trabalho. Preocupado com o que possa acontecer, o idoso exige que ele largue tudo para procurar o objeto. "Outra hora coisíssima nenhuma. Eu quero a medalha agora. Eu estou mandando", fala grosso. Para convencer Alberto, Dionísio explica que em mãos erradas a medalha pode significar a ruína dos Albuquerque. A cena vai ao ar no próximo dia 21. 

continua depois da publicidade

Fique por dentro dos próximos capítulos de Flor do Caribe e outras produções acessando o canal de Novelas do NaTelinha.    

Quer saber mais? Confira o resumo semanal da novela Flor do Caribe de 12/10/2020 a 17/10/2020.     

 

Mais Notícias