Justiça

"A Dona do Pedaço": Cássia se vinga de pedófilo após tentativa de estupro

Com ajuda de Merlin, filha de Agno arma esquema para pegar o criminoso

Reprodução

Publicado em 06/10/2019 às 18:30:00

Por: Redação NT

Em "A Dona do Pedaço", Cássia (Mel Maia) contará com a ajuda de Merlin (Cadu Libonati) para se vingar de Lauro (Ricardo Monastero), o pedófilo com quem conversava pelo computador. Rejeitando o pai Agno (Malvino Salvador) ao descobrir que ele é homossexual, a adolescente conversa com o homem sem saber sua idade e acabará vítima de uma tentativa de estupro.

Após muitas conversas, Cássia marca um encontro com Lauro. Em um quarto de hotel, ela é atacada pelo pedófilo, mas consegue escapar. Ele foge e os funcionários do hotel tentam ajudar a menina, chamando sua mãe Lyris (Deborah Evelyn).

Cássia será levada para uma delegacia especializada, onde passa por exame de corpo de delito. Traumatizada com a situação, ela ficará reclusa em seu quarto. Em uma visita de Merlin, ela compartilha como foi o momento de angústia.

"Foi tudo planejado, documento falsos, tudo falso. Eu nunca vou esquecer o jeito dele, as mãos dele. Eu nunca vou esquecer. Ele me deixou marcada para o resto da vida", dirá a garota.

Merlin dará a ideia de se vingar do criminoso. Ele sugere que eles procurem Pri (Bianca Previliato) para que ela entre no chat online e marque um encontro com Lauro. O rapaz hesita em dizer que entregará o pedófilo à polícia. "O futuro dele pode ser bem pior", afirmará.

Pri, a amiga dos estudantes, ficará com medo e recusará participar esquema. Quem se propõe a enfrentar Lauro é Alba (Catarina Carvalho). "Um cara desses não pode ficar solto por aí. Eu vou ser a isca", promete a jovem.

As cenas devem ir ao ar a partir desta segunda-feira, 7 de outubro.


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!