Participação

Após reclamar, Laura Cardoso ganha papel em "A Dona do Pedaço"

Veterana será avó da suposta filha de Maria da Paz

Após reclamar, Laura Cardoso ganha papel em
Divulgação

Publicado em 06/09/2019 às 12:07:14

Por: Redação NT

Após reclamar por ter sido tirada de "A Dona do Pedaço", onde seria a Cornélia, papel que ficou para Betty Faria, a veterana Laura Cardoso foi chamada para uma participação na novela.

Segundo informações da colunista Patrícia Kogut, a atriz de 91 anos será Matilde, avó de Joana, que vem a ser a suposta filha de Maria da Paz (Juliana Paes). A jovem será interpretada por Bruna Hamú, depois do papel ser cogitado para Bella Piero e Marina Moschen.

Na história de Walcyr Carrasco, Matilde sofre de Alzheimer e aparecerá quando Joana não conseguir mais pagar a clínica de repouso onde ela vivia. Então, as duas acabam se mudando para uma casa próxima a de Maria da Paz.

Na primeira vez que as duas se encontram, a senhora reconhece a boleira, que por sua vez se encanta por Joana. A recíproca é verdadeira.

Logo no início de "A Dona do Pedaço", quando Maria da Paz foi buscar a filha Josiane após alguns dias na UTI da maternidade, uma cena sugeriu que o bebê pudesse ter sido trocado. Isso não ficou claro e a questão nunca mais foi abordada na novela.

Mas essa possibilidade existe é o que agitará a trama a partir do dia 25 de setembro.

Cansada?

Em uma recente entrevista ao programa "A Tarde é Sua", de Sonia Abrão, Laura Cardoso desabafou por ter sido afastada de "A Dona do Pedaço" antes de sua estreia.

Ela iria interpretar Cornélia, uma moradora de rua que é casada com Chico (Tonico Pereira) e mãe de Eusébio (Marco Nanini), papel que acabou ficando com Beth Faria.

"Recebi o convite para fazer a novela e eles acharam que o papel iria me cansar, esgotar", disse. "Eu não gostei", bradou em seguida. "Fizeram para o bem, para poupar. Eu queria fazer", garantiu.

A veterana, porém, não queria ser poupada. "O ator não gosta de ser poupado. O artista quer trabalhar. Quer fazer um papel, um personagem", completou.


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!