Novo capítulo

Cerceau vai recorrer de liminar e culpa Aguinaldo Silva por "fracasso" de novela: "sinto dó"

Decisão da Justiça ordena que Silvio Cerceau deve apagar postagens onde menciona Aguinaldo Silva

Cerceau vai recorrer de liminar e culpa Aguinaldo Silva por
Silvio Cerceau não quer mais nenhum tipo de contato com Aguinaldo Silva

Publicado em 14/01/2019 às 12:31:55

Por: Sandro Nascimento

Concedida à Aguinaldo Silva na última sexta-feira (11), o escritor Silvio Cerceau vai recorrer da liminar da Justiça (6ª Vara Empresarial do TJRJ), onde terá que apagar todas as postagens nas redes sociais em que menciona o novelista da Globo e a novela "O Sétimo Guardião", ficando ainda proibido de fazer qualquer outra publicação com esse teor.

Em conversa exclusiva com o NaTelinha, Cerceau explicou que como ainda não foi notificado da decisão, não apagou nenhum dos seus posts. Ele acusa Silva de ter induzido o juiz ao erro e que abrirá um novo processo contra o contratado da Globo.

"Quando eu for intimado, irei recorrer sim e mostrar ao juiz que Aguinaldo Silva induziu ele ao erro, por má fé, para causar tumulto judicial, para confundir as pessoas. O deferimento dessa liminar foi um equívoco judicial, a decisão foi dada de forma inaudita, ou seja, sem ouvir a outra parte, isso foi um pedido dele e deixa claro o quanto desonesto está sendo. Meu advogado irá derrubar essa liminar explanando ao juiz todas as provas necessárias e farei uma nova reconvenção, ou seja, vou processá-lo mais uma vez por todos os danos causados", contou Silvio Cerceau, que foi aluno de Aguinaldo Silva durante um curso de roteiristas em 2015.

O NaTelinha teve acesso ao pedido de liminar entregue no dia 08 de janeiro pela advogada do contratado da Globo. O documento possui diversos anexos de postagens feitas por Cerceau nas redes e destaca: "Caso o presente pedido seja indeferido e, posteriormente, sobrevenha sentença pela qual seja reconhecida a ilegalidade das postagens caluniosas e difamatórias ora em análise, o autor terá de suportar a humilhação e julgamento da sociedade para o resto de sua existência".

Jamais quero ter qualquer proximidade com essa pessoa. No fundo sinto dó

Silvio Cerceau sobre Aguinaldo Silva

Este é mais um capítulo na polêmica entre os dois escritores na disputa pela coautoria de "O Sétimo Guardião".

"Estou aguardando a audiência de instrução e julgamento que deve ser marcada em breve. Agora a Rede Globo faz parte desse processo, não se discute mais coautoria porque isso já está bem claro. O que será discutido é a questão indenizatória", afirmou Cerceau, diante da exibição diária dos créditos dos 26 alunos no encerramento de "O Sétimo Guardião" como "sinopse desenvolvida pelo autor Aguinaldo Silva, com a colaboração dos alunos do curso Master Class".

"Toda a trama se tornou sem sentido, devido a forma que ele resolveu contar a história", analisa Silvio Cerceu, sobre como a novela está sendo desenvolvida.

Procurado para se manifestar sobre as declarações, Aguinaldo Silva atendeu ao telefonema mas desligou assim que o repórter do NaTelinha se identificou.

Confira a entrevista completa:

Você vai recorrer da decisão da Justiça de apagar suas publicações nas redes sociais? Foi pego de surpresa?

Silvio Cerceau - Até o momento não fui intimado, portanto não tenho que apagar nada antes disso. Quando eu for intimado irei recorrer sim e mostrar ao juiz que Aguinaldo Silva induziu ele ao erro, por má fé, para causar tumulto judicial, para confundir as pessoas. O deferimento dessa liminar foi um equívoco judicial, a decisão foi dada de forma inaudita, ou seja, sem ouvir a outra parte, isso foi um pedido dele e deixa claro o quanto desonesto está sendo. Meu advogado irá derrubar essa liminar explanando ao juiz todas as provas necessárias e farei uma nova reconvenção, ou seja, vou processá-lo mais uma vez por todos os danos causados.

Para se ter uma ideia o juiz que deu esse despacho disse que não existe nenhum processo meu contra Aguinaldo Silva referente a autoria da sinopse, o que não procede, pois existe sim um processo na 33ª Vara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, onde consta pedido de reconvensão do processo. Afinal, desde outubro de 2017, época em que o notifiquei extra judicialmente, venho questionando e lutando por esse reconhecimento. Nesse processo da 33ª Vara, a Rede Globo juntou através da advogada dele uma petição reconhecendo minha coautoria e dos outros 26 roteiristas, e isso pode ser comprovado todos os dias no final de cada capítulo, desde a estreia.

Não fui pego de surpresa, porque o problema de Aguinaldo é que na vã tentativa de mascarar a verdade, ele perdeu o limite. Mente para todos. Mentiu para a Rede Globo quando entregou a sinopse e não declarou que era dos alunos, a emissora só soube disso através da mídia. Ele falta com a verdade fazendo disso um espetáculo, parece que encarnou o espírito de Nazaré Tedesco, só que os vilões só se dão bem na ficção.

Na sua opinião, por que Aguinaldo Silva teve essa atitude?

Silvio Cerceau - Essa atitude dele é para mascarar a verdade e me usar como bode expiatório, até mesmo para disfarçar o fracasso que é "O Sétimo Guardião", e essa não é uma opinião minha e sim de todos que escrevem sobre TV a partir dos dados do Ibope e outros.

Por que a audiência de "O Sétimo Guardião" ainda não decolou?

Silvio Cerceau - Não decolou e nem vai decolar. Esse fracasso é todo de responsabilidade dele, mérito dele, por causa do seu jeito arcaico de desenvolver uma novela. O grupo de 26 roteiristas, entre eles eu, criou uma sinopse cheia de potencial, uma história mágica de amor e mistérios que poderia alcançar altos índices de audiência. Isso aconteceria se ele não tivesse traído a Rede Globo e reduzido a trama a uma chanchada erótica, confusa e de mal gosto. Toda a trama se tornou sem sentido, devido a forma que ele resolveu contar a história. Outra coisa, ele nunca foi especialista em realismo mágico ou fantástico, ele caiu de paraquedas nesse universo depois que foi escalado para assumir "Roque Santeiro". Em "O Sétimo Guardião" existem muitos erros que acabaram com a trama e fizeram o público perder o interesse.

Como está seu processo em torno da autoria da novela na Justiça?

Silvio Cerceau - Estou aguardando a audiência de instrução e julgamento que deve ser marcada em breve. Agora a Rede Globo faz parte desse processo, não se discute mais coautoria porque isso já está bem claro. O que será discutido é a questão indenizatória.

Ainda existe chances de você voltar a ser amigo ou ter um bom relacionamento com Aguinaldo Silva?

Silvio Cerceau - Jamais quero ter qualquer proximidade com essa pessoa. No fundo sinto dó, um autor consagrado se submeter a esse situação, chegar ao fim de carreira se submetendo a um vexame. Afinal, será que depois desse vexame e fracasso que é "O Sétimo Guardião", ele terá uma nova chance na emissora?

Aguinaldo Silva, me esqueça e cumpra seu trabalho que será mais proveitoso. E que a Justiça seja feita e todos possam saber quem está dizendo a mais pura verdade.

Confira a decisão da Justiça na íntegra:


Siga o NaTelinha nas redes sociais

Reportar erro

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!