Reprise

Como Duca Rachid e Thelma Guedes tiveram a ideia para criar “Cordel Encantado”

Divulgação/ TV Globo

Publicado em 14/01/2019 às 12:06:24 ,
atualizado em 14/01/2019 às 12:22:49

Por: Naian Lucas

Poucos sabem, mas Thelma Guedes não trabalha apenas como autora de novelas, roteirista de teatro e escritora de livros. Uma das autoras de “Cordel Encantado”, ao lado de Duca Rachid, costuma dar aulas em master class e palestras sobre assuntos relacionados a produções de televisão e literatura.

Em 2014, após encerrar os trabalhos de “Joia Rara”, Thelma palestrou em um curso sobre roteiro em São Paulo. Com a sala cheia, ela explicou a dinâmica da criação da obra mais bem-sucedida de sua carreira, que reestreia nesta segunda-feira (14) no “Vale a Pena Ver de Novo”.

“A ideia ganhou corpo quando diretores da Globo apresentaram uma pesquisa sobre o que o público queria assistir no horário das seis”, Guedes começou a explicar aos alunos como começou o desenvolvimento da história do casal de mocinhos da obra, Jesuíno e Açucena.

“A emissora reuniu os autores e passou a explicar os desejos dos telespectadores da emissora. Na faixa das seis, as pessoas queriam sonhar. O que poderíamos fazer para as pessoas sonharem? Essa pergunta que fiz a mim e a Duca”, continuou falando Thelma aos alunos.

A autora revelou os momentos divertidos da reunião e que acredita que algumas situações surgiram na televisão por causa do encontro. “Tinha muito autor idoso e o Miguel Falabella brincou que o espaço poderia se chamar ‘Pé na Cova’. Acho que assim nasceu o nome da série”, brincou aos risos.

Thelma e Duca discutiram a história e nasceu a ideia de juntar os enredos de cordel com os contos de fadas. O argumento do produto foi apresentado para a Globo, mas demorou anos para ser aprovado.

“Apresentamos várias histórias e a casa aceitou primeiro ‘Cama de Gato’. Foi uma novela deliciosa, mas realista demais. Queríamos sonhar e fazer com que o público sonhasse junto. Insistimos e convencemos a direção a produzir a nossa criação mais ousada”, falou Thelma.

“Cordel Encantado” obteve sucesso de audiência, fechando com média de 26 pontos, e conquistou os principais prêmios da teledramaturgia brasileira, superando “Insensato Coração”, do consagrado Gilberto Braga, e “Morde e Assopra”, novela de Walcyr Carrasco.

A obra volta na tela da Globo nesta segunda, logo após da reta final de “Belíssima”.



publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!