SBT lança nova pegadinha da Menina Fantasma, agora em um consultório médico

Personagem virou sucesso mundial em 2012

Fotos: Reprodução

Publicado em 10/05/2018 às 14:54:07 ,
atualizado em 10/05/2018 às 16:57:03

Por: Fabrício Falcheti

Pegadinha lançada em 2012 pelo SBT, a Menina Fantasma ganha mais uma versão - a sexta - que será exibida no próximo domingo (13) pelo "Programa Silvio Santos".

Interpretada pela atriz Larice Castro, a mesma que fez a “Menina Fantasma no Necrotério”, que soma 11 milhões de visualizações no YouTube, desta vez a ação acontece na sala de espera de um consultório médico.

A atriz Gell pede para a vítima aguardar e, em um determinado momento, a cadeira de balanço começa a se mexer sozinha. No monitor de segurança então aparece a imagem da fantasma e, ao lado, a cadeira está vazia. Quando a luz apaga e volta, a Menina Fantasma surge dentro da sala de espera. A caracterização foi feita pelo maquiador Victor Nogueira, que trabalha em Los Angeles com filmes e seriados.

Em suas primeiras versões, a personagem foi interpretada por Anna Lyvia Padilha, atriz e modelo que agora está prestes a completar 18 anos.

Em 2012, a "Câmera Escondida" da Menina Fantasma no elevador alcançou repercussão mundial e foi traduzida em outros idiomas para ser exibida em emissoras de televisão do Japão, Ucrânia, Alemanha e Angola, entre outras. A pegadinha ainda foi indicada e vencedora de prêmios, como na categoria “Viral do Ano” na “5ª edição do Prêmio Melhores da Websfera 2013”, realizada durante o “YouPIX Festival”.

A personagem também já aterrorizou as pessoas no cemitério, no metrô, em um necrotério e no estilo "Poltergeist" - a primeira da série, por sinal.

O "Programa Silvio Santos" vai ao ar a partir das 20h, no SBT.



publicidade

LEIA MAIS

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!

publicidade