Após cortes, "Domingo Show" inicia nova fase com drama da primeira locutora de rodeios

Programa perde tempo de duração, equipe e plateia

Divulgação/Record TV

Publicado em 15/02/2018 às 19:22:46 ,
atualizado em 15/02/2018 às 19:32:05

Por: Fabrício Falcheti

Neste domingo (18), prestes a completar quatro anos, o programa "Domingo Show" inicia uma nova fase na Record TV, perdendo tempo e equipe para se ajustar à nova realidade da emissora, que irá manter no ar somente atrações que fechem no azul.

Agora no ar de 13h às 15h30, perdendo duas horas de duração e sem plateia, a atração terá como uma das matérias iniciais uma entrevista de Geraldo com a primeira locutura mulher de rodeios do Brasil, Mara Magalhães.

Em conversa com o apresentador, aos 45 anos, ela desabafa sobre uma grave doença que a afastou do trabalho, relembra fama e riqueza e ainda sonha em voltar a narrar provas pelo país.

“Tudo começou em julho (de 2017). Me deu uma dor nas costas intensa e na barriga. Eu pensei: ‘Esse negócio não é bom! Esse trem está errado, eu nunca tive nem gripe'”, conta Mara, que agora luta contra um câncer no ovário.

Na reportagem, ela relembra que a notícia da enfermidade surpreendeu amigos e familiares. “Todo mundo começou a chorar, e eu pensei assim: ‘Se eu for fraca, o que os meus filhos vão pensar de mim?’”, disse.

A vida de Mara serviu de inspiração para uma personagem da novela “América”, exibida em 2005 pela Globo. “Na época da novela, ganhei muito dinheiro, R$ 15 mil por rodeio”, revela. “Tinha aquela briga do Faustão e Gugu no domingo. Eu ia em um domingo no Faustão, e no outro no Gugu”, completa.

O programa prepara uma surpresa para a locutora, que ainda terá a oportunidade de ser homenageada por amigos famosos.

O "Domingo Show", agora gravado, irá ao ar a partir de 13h, na Record TV.



publicidade

TAGS:

LEIA MAIS

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!

publicidade