Reportar erro
Rodou

Acusado de assédio sexual, produtor de "Supergirl" é demitido pela Warner

andrew_kreisberg_238a1508f0b886e30d7add69a5de35eb46d3494b.jpeg
Divulgação
Thiago Forato

Publicado em 30/11/2017 às 14:26:33

A Warner tomou medidas drásticas contra Andrew Kreisberg, produtor de séries como "Arrow", "Supergirl" e "Legends of Tomorrow".

Segundo uma extensa reportagem do TV Line, Kreisberg foi acusado por 19 fontes, sendo 15 mulheres, de estaria assediando e tendo um comportamento inapropriado nos sets de filmagem.

De acordo com as fontes, o produtor pedia massagen às mulheres, tentava beijar algumas e até as tocava de maneira mais vulgar. Tudo isso sem contar os comentários sobre suas roupas e quanto elas eram atraentes.

Greg Berlanti é quem assumirá as séries. "Temos sido cooperativos com as investigações da Warner. Não há nada mais importante que a segurança e o bem-esta do nosso elenco", destacou ele.

Procurado, Andrew Kreisberg disse que fez comentários sobre a aparência das mulheres e suas roupas, mas não eram sexualizados.

A Warner, em nota, disse que está comprometida em tornar seus estúdios um local de trabalho seguro a todos os empregados.