Reportar erro
No Roda Viva

Maitê Proença fala sobre demissão da Globo após 37 anos: "muito estranho"

maiteproenca-rodaviva-13112017_701c0950503594590ff4bf268cd241631ca3b4d7.jpeg
Reprodução/TV Cultura
Fabrício Falcheti

Publicado em 14/11/2017 às 16:30:21

Maitê Proença foi a entrevistada do "Roda Viva" nesta segunda-feira (13) e falou sobre como foi demitida da Globo, após 37 anos na emissora.

A atriz disse que saiu sem nenhum comunicado: "Foi muito estranho eu ser demitida sem nenhum aviso. Só soube quando começaram os boatos na imprensa marrom de que eu já tinha sido dispensada. Liguei para a pessoa que tinha me dito que o meu contrato seria renovado e me falaram que, de fato, ia ser descontinuado".

Compondo a bancada do programa da TV Cultura, o ator Fulvio Stefanini disse que aconteceu o mesmo com ele: "Isso aconteceu comigo também. Até hoje, eu não sei quem não renovou o meu contrato, porque não recebi sequer um e-mail".

Ainda na atração de entrevistas, Maitê Proença revelou que já foi assediada várias vezes ao longo da carreira. "São muitas as maneiras. Às vezes, o sujeito passa dez anos tirando papéis de você, porque você não cedeu. Ele mina o seu trabalho. São pessoas que atrapalham a sua vida sistematicamente, te perseguindo mesmo", bradou.

O último trabalho da atriz na Globo foi na novela "Liberdade, Liberdade", no ano passado.