Reportar erro
Carteira assinada

Carolina Ferraz processa Globo e reclama direitos trabalhistas

carolina-ferraz_b47565b78dbebe893b5a4fbd7f2ffce9ae0779ec.jpeg
Carolina Ferraz processa a Globo - Divulgação
Redação NT

Publicado em 04/11/2017 às 17:54:03

Dispensada da Globo em julho deste ano, após o término de seu contrato e colocando um ponto final a uma parceria de 27 anos, Carolina Ferraz ingressou com uma ação trabalhista contra sua antiga empregadora.

Segundo a coluna Radar, da Revista Veja, Carolina, que teve como última novela na casa "Haja Coração" (2016), está pleiteando direitos de funcionária, pois seu contrato era de PJ (pessoa jurídica), em uma demanda que ocorre sob segredo de Justiça.

Desta forma, a atriz busca receber férias, 13º salário, FGTS e demais direitos, como a rescisão de seu vínculo, que qualquer trabalhador de carteira assinada tem.

A prática de contrato de artistas pela modalidade de pessoa jurídica foi bastante comum na Globo como na Record TV. No entanto, com a dispensa, muitos atores, magoados, ingressam com processos.

A Globo foi menos impactada porque os atores desligados têm medo de terem as portas fechadas. O mesmo não ocorre na Record TV, onde nomes como Cecil Thiré, Iris Bruzzi, Raquel Nunes, Paloma Duarte e Bruno Ferrari buscaram por seus direitos. Cecil, de 74 anos, teria ganhado R$ 1,2 milhão por nove anos de contrato como pessoa jurídica. Já Paloma não teve a mesma sorte e saiu derrotada dos tribunais, tendo inclusive que pagar uma multa à emissora de Edir Macedo.