Reportar erro
Polêmica

Direito de resposta a Lídice Leão sobre denúncias de assédio moral na RedeTV!

redetv-logo_5d7322325c861cbf9ae013c7d2d9701d1ca75199.jpeg
Divulgação
Redação NT

Publicado em 28/09/2017 às 14:30:22

A Sra. Lídice Leão, através de seu advogado, Dr. Rafael Guimarães Rosset, notificou o NaTelinha nesta semana pedindo direito de resposta referente à reportagem "RedeTV! é denunciada por casos de assédio moral que assombram redação de jornalismo", publicada no dia 29 de agosto.

O site sempre manteve-se aberto para ouvir todas as partes envolvidas e não tem problema algum em publicar a resposta. Segue:

- Tais acusações são mentirosas e vêm prejudicando de forma severa a carreira de uma profissional séria e de reconhecida competência no meio jornalístico;

- Veja-se que a matéria cita "seis casos de assédio moral" e que "estão correndo na Justiça contra a RedeTV!", dando a entender que todos envolveriam a Sra. Lídice Leão, sem apresentar qualquer evidência do alegado, e ignorando o fato de que a mera existência de reclamação trabalhista não prova fato algum até que haja o trânsito em julgado de eventual sentença condenatória, o que não existe até a data;

- A matéria ainda refere que "um áudio que chegou ao site mostra um caso ocorrido em 2015, quando faltando duas horas para o fim da jornada de um repórter, a chefe exigiu que ele continuasse seu trabalho além do tempo pois entraria num link do RedeTV! News. Como tinha outro compromisso já marcado com seu filho, disse que não poderia ficar e explicou a situação. 'PJ trabalha no horário que a gente quiser', bradou em dado momento uma voz que seria de Lídice Leão, surpreendendo o repórter";

- Ora, a Sra. Lídice Leão nunca, jamais, travou contato com o autor da matéria. Seria impossível a este, destarte, saber de quem era a voz na gravação (se é que existe mesmo tal gravação), de maneira que a ética jornalística, quando não a prudência e o bom senso, recomendavam que se abstivesse de atribuir qualquer autoria, ainda que no condicional;

- Aliás, é bom que se esclareça, a própria Sra. Lídice Leão presta seu serviços na condição de Pessoa Jurídica, e a própria Sra. Lídice Leão tem dois filhos, de modo que a tentativa de a retratar como espécie de ser humano insensível que só pensa em maximizar seus resultados à custas de pobres funcionários indefesos é rísivel, pra dizer o mínimo;

- A matéria ainda reúne os requisitos para entrar nos anais de revistas de jurisprudência, ao definir como "assédio moral" o ato de pedir o primeiro pedaço de uma pizza (e nem se está dizendo que o fato realmente ocorreu, mas a hipótese em si é divertidíssima);

- Talvez ainda mais grave foi a acusação de que a Sra. Lídice Leão teria simulado um afastamento médico para escamotear uma advertência que teria sido aplicada pelo RH da RedeTV!. Sugerir uma fraude desse calão seria da índole de uma profissional com mais de duas décadas de experência na televisão já é uma afronta séria, agravada pelo fato de que a Sra. Lídice de fato esteve em tratamento médico neste período, como o atestam inúmeros receituários e prontuários em nosso poder;

- A despeito de ficar consignado, ao fim da nota, que "o NaTelinha procurou o outro lado através da assessoria de imprensa da RedeTV!, que até o fechamento da matéria não se pronunciou", é certo que a Sra. Lídice Leão em momento algum foi contatada para fornecer sua versão dos fatos, lembrando que, tendo sido citada nominalmente, era ela o "outro lado", e não a RedeTV!;

- A matéria, sem ouvir as partes citadas e apresentando meras hipóteses e suposições como fatos certos, acabou repercutindo e servindo como base para outras matérias que igualmente apresentaram a Sra. Lídice Leão como pessoa impiedosa, insensível e grosseira, coisa que seus colegas de trabalho, gente que com ela convive diariamente, está pronta para desmentir sem titubear.

*

As denúncias correm na Justiça, onde os ex-funcionários apresentam seus fatos, direitos e pedidos, enquanto os citados contestam da mesma forma como defesa. A reportagem noticiou o caso segundo relatos, não como uma verdade definitiva.

O NaTelinha é um site jornalístico de credibilidade, ouviu as fontes, obteve cópias de processos e áudios sobre as denúncias e buscou o lado da Sra. Lídice Leão através da RedeTV!, por não ter o seu contato direto. A emissora, por sua vez, preferiu não emitir nenhuma posição.

O espaço segue aberto.

TAGS:
Mais Notícias