Reportar erro
Notícias

Chespirito diz que foi difícil acabar com seus personagens

Redação NT

Publicado em 17/03/2007 às 15:39:05

O ator mexicano Roberto Gómez Bolaños, Chespirito, confessou que lhe foi difícil dar fim aos personagens de Chaves e Chapolin Colorado, que imortalizaram-se na televisão de seu país e América Latina.

Em entrevista publicada no jornal colombiano El Tiempo, o artista disse que deixar de interpretar na televisão os dois personagens humorísticos, de grande popularidade, foi uma decisão difícil, porém corajosa, "Sabia que era um adulto que se fazia de criança, entretanto eu era cada vez mais e mais adulto. Por outro lado, eu havia sido esportista, o que me facilitava interpretar o Chapolin, porém fui perdendo essas facilidades", disse.

O ator mexicano recordou que sempre tinha sido crítico de quem se prende a passados gloriosos, por isso decidiu fazer outras coisas, atualmente está escrevendo um livro.

O criador de Chaves visitará a Colômbia em abril para apresentar seu livro de memórias, entitulado Sin Querer Queriendo, na Feira do Livro de Bogotá, que reunirá escritores e editores da América Latina e Europa.

Chespirito disse que não entende a libertinagem que tomou conta do humor atual, "no o critico, creio que assim falamos todos. Porém a falta de ingenuidade me incomoda".

O artista se declarou assombrado com a dimensão alcançada pelos personagens Chapolin e Chaves, que ainda se mantém na memória do público de várias gerações, em diversos países latinoamericanos, "Sem falsa humildade, ainda me assusta" a popularidade de seus personagens, disse Chespirito e acrescentou que "é algo que agradeço a Deus, à vida, ao público, porém não compreendo".

Com informações do jornal El Universal/México

Parceria: Fórum Chaves e Chapolin, www.forumch.com.br