Eles estão de volta

"Bill e Ted": Veja como estão os astros 30 anos depois do lançamento do filme

Nova sequência de "Bill e Ted" é confirmada e as filmagens já começaram

Alex Winter e Keanu Reeves voltam a interpretar Bill e Ted 30 anos depois do primeiro filme - Divulgação

Publicado em 27/07/2019 às 07:30:00

Por: Taty Bruzzi

Lançada em 1989, a comédia “Bill e Ted – Uma Aventura Fantástica” vai ganhar nova sequência. Estrelada por Keanu Reeves e Alex Winter, esta será a terceira vez que a dupla se reúne. Em 1991, eles voltaram ao set para filmar “Bill e Ted – Dois Malucos no Tempo”. 

A trama original conta a história de Bill (Alex Winter) e Ted (Keanu Reeves), dois adolescentes que sonham em fazer sucesso com sua banda de rock, a “Wyld Stallyns”, depois de formados. 

Os amigos vão mal na escola e para não ficarem reprovados concordam em fazer um teste oral proposto pelo professor de história. Na prova, eles terão que responder como os personagens históricos reagiriam nos tempos modernos. 

Por sorte, um viajante em uma cabine telefônica que curte o som dos caras surge e leva a dupla em uma viagem no tempo a fim de convencer essas personalidades a fazerem o teste com eles no futuro.  

Há muito tempo que rumores apontavam para esse reencontro. Passados 30 anos desde o lançamento do primeiro filme da franquia, os metaleiros preguiçosos estão de volta. As filmagens começaram no início deste mês, em Nova Orleans.

Com título provisório de “Bill e Ted - Face de Music”, os amigos agora estão na casa dos 50 anos, casados e com filhos, e têm pela frente a difícil missão de desistir do sonho de se tornarem astros do rock ou retomá-lo de onde pararam. 

Com direção de Dean Parisot (“Heróis Fora de Órbita”), e a dupla de roteiristas do longa original formada por Chris Matheson e Ed Solomon, a produção conta, ainda, com Anthony Carrigan (“Gotham”) como vilão. Já a estreia está prevista para 20 de agosto de 2020. 

Alex Winter sofreu abuso na adolescência 

Assim como seus personagens, os atores também amadureceram. Antes de estrelar a comédia adolescente, Alex Winter já havia participado de outra produção que caiu nas graças da garotada. 

Ele foi um dos vampiros da gangue liderada por David (Kiefer Shuterland) em “Os Garotos Perdidos” (1987). O ator britânico de 54 anos deixou de atuar e passou a se dedicar à carreira de diretor na TV e no cinema documental. 

Ano passado, revelou ter sofrido abuso sexual na década de 70 em entrevista a Adrian Chiles no BBC 5 Live. Por medo, manteve o assunto em segredo por cerca de 40 anos, ocasionando em um transtorno pós-traumático. 

“Eu pensava que morreria com isso dentro de pessoas que entendiam isso. Eu achava errado. Era errado”, conta. Alex diz que sua adolescência foi um verdadeiro inferno e o convite para “Bill e Ted” aos 23 anos foi sua salvação. 

“Os filmes tiveram muita, muita influência em mim, pessoalmente, naquele sentido. Foram realmente terapêuticos, de certo modo, e me deram uma certa base que eu carreguei comigo. O mundo de Bill e Ted é um lugar muito doce e divertido de experimentar”, conclui o cineasta. 

Keanu Reeves foi galã na década de 90

Ao contrário do colega, Keanu Reeves se tornou um dos nomes mais conhecidos dos anos 90 e  por duas décadas o ator de 54 anos que nasceu no Líbano e tem descendência americana e havaiana fez muita jovem suspirar por causa da sua beleza exótica.  

Com muitos sucessos no currículo como “Caçadores de Emoção” (1991), “Garotos de Programa” (1991), “Drácula de Bram Stoker” (1992), “Velocidade Máxima” (1994) e “Advogado do Diabo” (1997) Além da trilogia “Matrix” (1999-2003) e “A Casa do Lago” (2006), o astro nunca parou de atuar, mas passou um tempo recluso até voltar aos holofotes com a franquia “John Wick”, lançada em 2014.

Sempre discreto quando o assunto é sua vida pessoal, nos últimos anos Keanu se tornou a personalidade mais caridosa da história.  
O galã doou cerca de 1 milhão do lucro arrecadado com “Matrix” para cada membro da técnica e da maquiagem do filme. Ele também mantém uma fundação e doa regularmente para demais instituições de caridade e hospitais. 

Em 2007, ele passou um dia na rua com um sem-teto. Já foi visto andando de metrô e é um dos únicos atores de Hollywood que não tem uma mansão em um dos bairros mais chiques de Los Angeles. Quando indagado, ele diz que viveria muito bem sem dinheiro e prefere morar em um flat do que em uma casa vazia.

Confira o trailer de "Bil & Ted" em 1989:


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!