"Indiana Jones" terá mais uma sequência dirigida por Steven Spielberg

Divulgação

Publicado em 30/01/2018 às 19:21:56

Por: Taty Bruzzi

Em meio ao lançamento de “The Post – A Guerra Secreta”, filme que concorre ao Oscar deste ano, Steven Spielberg já tem compromisso agendado. O cineasta irá produzir “Indiana Jones 5”, da franquia idealizada por ele e George Lucas.

Segundo informações do “The Hollywood Repórter”, a quinta aventura da franquia de sucesso estrelada por Harrison Ford deve começar a ser rodada em 2019 com previsão de estreia para 10 de julho de 2020.

O veterano ator irá mais uma vez dar vida ao arqueólogo mais famoso do cinema. Como tem acontecido em sua carreira nos últimos anos, recentemente Ford reviveu mais dois de seus personagens.

Em 2015, o ator participou de “Star Wars 7 – O Despertar da Força”, estando mais uma vez ao lado da colega Carrie Fisher, com quem fez par romântico na saga. Já no ano passado, Harrison Ford atuou em “Blade Runner 2049”.

Aos 71 anos, Spielberg está à frente da refilmagem de “Amor Sublime Amor”

Antes de pensar na produção do novo Indiana Jones, Steven Spielberg já tem outro projeto engatilhado. Aos 71 anos, o diretor está à frente do remake de “Amor Sublime Amor”, clássico vencedor de 10 prêmios do Oscar em 1962.

Na trama original, duas gangues disputam espaço nas ruas de Nova York e uma delas, os Sharks, é formada por imigrantes porto-riquenhos. Com produção de Kevin McCollum, responsável por musicais da Broadway, o elenco já está sendo pesquisado.

Ainda, de acordo com a publicação, o diretor faz questão de ter atores que falem espanhol para os papéis principais deste núcleo. Incluindo, o da personagem Maria vivida por Natalie Wood, atriz branca, norte-amerciana com ascendência ucraniana, no musical original.



publicidade

LEIA MAIS

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!

publicidade