Não para

Disney prepara segunda plataforma no Brasil após estreia do Disney+

Streaming chegará ao Brasil no próximo dia 17

Disney prepara segunda plataforma no Brasil após estreia do Disney+
Prestes a lançar o Disney+, conglomerado já planeja segundo serviço

Fabrício Falcheti com Naian Lucas

Publicado em 13/11/2020 às 10:01:00

Perto de lançar o Disney+ no Brasil, na próxima terça-feira (17), o conglomerado já se prepara para uma segunda plataforma no país, a Star Plus. A confirmação foi feita por Juliana Oliveira, Head de Strategy & Businesse Development da Disney, na quarta-feira (11) em um encontro virtual de apresentação do novo streaming. Ainda não há previsão de quando o novo serviço será disponibilizado.

O anúncio aconteceu após pergunta do NaTelinha sobre a presença ou não de Os Simpsons no Disney+, algo que deixava os fãs ansiosos. “Não teremos todas as temporadas de Os Simpsons na plataforma, mas teremos alguns episódios. Também teremos alguns curtas de Os Simpsons. Isso foi uma decisão estratégica da companhia. A gente acredita que Os Simpsons também tem muita importância para a nossa nova plataforma e lançaremos futuramente”, explicou.

Foi aí que Juliana detalhou: “O Bob Chapek, nosso CEO mundial, já compartilhou que, enquanto nos Estados Unidos temos Hulu, mundialmente nossa plataforma focada em entretenimento geral será Star Plus, e no futuro a gente pode compartilhar mais informações sobre estratégia de lançamento da Star Plus. No momento, o nosso grande foco está muito no lançamento do Disney+”.

continua depois da publicidade

Disney investirá pesado com produção local no Brasil

A empresa pretende apostar pesado no Brasil, já que o país tem o maior mercado na América Latina. "A gente vê que a Disney, no Brasil, tem um nível de afinidade altíssimo e isso é muito positivo. A importância do mercado brasileiro para o Disney+ é que o Brasil é o maior mercado, que nós temos uma maior expectativa, entre todos os mercados da América Latina. O brasileiro é muito digital, tanto que no Brasil é o mercado mais competitivo pelo número de plataformas de streamings que estão ativos no Brasil. A gente acredita que temos um grande potencial no Brasil, porque aí é onde tem o maior mercado da América Latina. Acreditamos que teremos um número expressivo de assinantes", detalhou a executiva.

continua depois da publicidade

Por conta disso, haverá investimento em produções locais para atrair os fãs brasileiros. "A gente vai ter artistas locais, produtores locais, diretores locais", relatou Juliana. "A gente sabe da importância do conteúdo local no Disney+”, acrescentou.


Siga o NaTelinha nas redes sociais

Reportar erro

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!