Leaving Simpsons

Episódio de Michael Jackson em "Os Simpsons" é retirado do catálogo após denúncias

Michael Jackson sofreu acusações de abuso sexual em documentário da HBO

Episódio de Michael Jackson em
Homer Simpson ao lado do personagem dublado por Michael Jackson há 28 anos - Reprodução/Fox

Publicado em 08/03/2019 às 09:50:41

Por: Thiago Forato

Depois das denúncias contra Michael Jackson por abuso sexual no documentário "Leaving Neverland", da HBO, os produtores de "Os Simpsons" decidiram remover o episódio "Stark Raving Dad" de seu catálogo.

Jackson emprestou sua voz ao episódio que foi ao ar na estreia da terceira temporada da série em 19 de setembro de 1991 nos Estados Unidos. Seu envolvimento não foi creditado, mas houve apenas rumores de que era sua voz.

O fato foi confirmado apenas recentemente. Mas, seguindo as extensas alegações de agressão sexual pelo Rei do Pop, ele já será mais difícil de ser assistido.

"Parece claramente a única escolha a ser feita", disse o produtor executivo James L. Brooks ao Wall Street Journal. Segundo ele, os produtores executivos Matt Groening e Al Jean concordaram com a decisão: "Os caras com quem trabalho, onde passamos a vida brigando por piadas, pensamos nisso".

No episódio, Jackson dublou o personagem Leon Kompowski, que conhece Homer Simpson em uma instituição mental. Homer traz para casa o personagem, um homem branco que afirma ser Michael Jackson. Em sua última análise, Leon ajuda Bart Simpson a celebrar o aniversário de sua irmã cantando uma das músicas mais icônicas da série: "Happy Birthday, Lisa".

"Leaving Neverland" pode deixar a Sony perder dinheiro. Ela investiu US$ 250 milhões para ter o direito de usar as canções de Michael Jackson.

O Rei do Pop faleceu em junho de 2009, aos 50 anos.


Siga o NaTelinha nas redes sociais

Reportar erro

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!