Enfermidade

Endometriose: Anitta e outras famosas que foram diagnosticadas com a doença

Comorbidade citada por cantora atinge cerca de 10% da população feminina


Anitta posada
Endometriose: Anitta e outras famosas que foram diagnosticadas com a doença - Foto: Reprodução
Por Redação NT

Publicado em 08/07/2022 às 20:52:00,
atualizado em 08/07/2022 às 20:52:31

Após Anitta ser diagnosticada com endometriose, doença decorrente de uma inflamação nas células do endométrio, que reveste a parede do útero, e causa dores no momento de fazer relações sexuais, urinar ou no período menstrual, outras famosas também revelaram ter a enfermidade. Patrícia Poeta, por exemplo, afirmou lutar pela doença, que foi descoberta recentemente.

"Descobri recentemente que tenho endometriose, não operei ainda. Às vezes temos essa dor, às vezes não se manifesta tanto e vai descobrir lá na frente. Às vezes as mulheres demoram 40 anos para descobrir, que foi o meu caso. Às vezes é uma dor insuportável", contou Patrícia no Encontro desta sexta-feira (8), em bate papo com a repórter Michelle Loreto, que também revelou ter sido diagnosticada com a doença.

"Eu tive endometriose e operei há quase 20 anos. Eu tinha dor de desmaiar. Na minha época não tinha exame que detectasse a endometriose", disse. Dessa vez o tema voltou à tona depois que Anitta usou as redes sociais para revelar que foi diagnosticada com endometriose e que terá que passar por uma cirurgia.

"Estou aqui no auge dos acontecimentos mais inacreditáveis da minha vida, um atrás do outro tipo um rajadão de bênçãos... mas não tá dando pra sorrir por motivos de: precisamos falar sobre endometriose", afirmou.

A funkeira relembrou de quando disse em um podcast que sofria de cistite de lua-de-mel, condição em que pode ficar com algumas dores após relações sexuais. "Eles diziam que a higiene era muito importante. O uso de preservativo. Urinar após a relação. Beber muita água. E outras coisinhas que eu nos meus nove anos de sofrimento já estava cansada de escutar", explicou a funkeira.

Ao longo dos anos, outras famosas já haviam confirmado ter a comorbidade. Tatá Werneck foi outra artista que descobriu ter o distúrbio. A humorista ficou sabendo da doença, em 2019, e durante a cirurgia para vencer a enfermidade, descobriu que estava grávida da pequena Clara Maria, de dois aninhos.

A estatística mostra que a endometriose atinge 10% da população feminina, sem importar a idade, como a de Larissa Manoela que, aos 21 anos, também recebeu o diagnóstico positivo. "Quando a cólica te incomoda excessivamente e te impede de ir à escola e trabalhar, é preciso investigar e fazer acompanhamento com um ginecologista", afirmou a Isadora de Além da Ilusão, em uma ação para jovens. Apesar de acometer pessoas de todas as idades, a maior incidência são de mulheres mais novas.

Adriana Esteves também já teve endometriose

imagem-texto

Adriana Esteves e Malu Mader, que hoje têm 52 e 55 anos, respectivamente, descobriram a endometriose quando jovens, no momento em que tentavam engravidar pela primeira vez. "Fui operada de um cisto no ovário e logo depois tive uma endometriose. Fiquei desesperada com a ideia de não conseguir ter filhos", afirmou Esteves à revista Criativa.

"Ser mãe era um desejo ardente em mim desde muito nova. Quando comecei a perceber que estava demorando mais do que o considerado normal, fui atrás de saber o que estava acontecendo. Foi aí que eu descobri", declarou Malu à revista Mulher. Outras famosas como Wanessa Camargo, Fernanda Machado e Guilhermina Guinle também tiveram a doença.

 

Siga a gente no Instagram

Acompanhe nosso perfil e fique por dentro das quentinhas da TV e famosos

ACESSE!
TAGS:
Mais Notícias
Outros Famosos